TELECOM

Cade aprova acordo entre TIM e Porto Seguro sem restrições

Luís Osvaldo Grossmann ... 22/10/2018 ... Convergência Digital

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica publicou nesta segunda, 22/10, no Diário Oficial da União, a decisão de aprovar, sem restrições, o acordo para transferência de ativos da Porto Seguro Conecta para a TIM – em negociação que pode levar à migração de clientes da rede virtual da seguradora para a tele móvel.

A conclusão do Cade é de que não há necessidade de adoção de qualquer remédio concorrencial uma vez que as participações combinadas das duas empresas, tanto no mercado de telefonia móvel como de comunicação máquina-a-máquina (M2M), não alteram nenhum deles de forma significativa.

Segundo o Cade, a Tim detém 11,14% do mercado nacional de M2M, participação que passará para 13,94% com a eventual adição dos acessos da Porto Seguro Conecta. Já no mercado de Serviço Móvel Pessoal, avaliado com base nos números de 2017, a eventual migração dos clientes da seguradora deixaria a TIM com participação total de 25,03%, pouco acima dos 24,79% detidos então.

Como já indicara a Anatel, essa migração depende do interesse dos usuários. “Com a Operação poderá ocorrer a migração dos clientes do RRV-SMP da Conecta para a TIM, bem como a transferência dos ativos necessários à prestação dos serviços M2M da Conecta para a TIM. Ressalte-se que os clientes podem se negar à migração, optando por outras alternativas para contratar uma prestadora de SMP sem custos adicionais, conforme Resolução nº 460/2007 da Anatel que trata da implementação de portabilidade numérica no setor”, diz o Cade.

A Conecta presta serviço móvel por meio de rede virtual (telefonia móvel) nas cidades de São Paulo, Região Metropolitana de São Paulo, Santos, Campinas, Vale do Paraíba, Rio de Janeiro e Região Metropolitana do Rio de Janeiro,


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

STF usa caso de lei paulista para cassar decisões sobre antenas no Rio, Minas e DF

Relator de três ações similares, Gilmar Mendes adotou o mesmo entendimento firmado pelo Supremo quando derrubou legislação estadual de São Paulo que restringia instalação de antenas de celular. 

Algar Telecom contabiliza aumento de 26% na carteira de clientes B2B

Operadora diz que não sentiu efeito da Covid-19 nos resultados do primeiro trimestre, mas reforçou o caixa como forma de precaução, com a emissão de R$ 150 milhões em debêntures em abril. O objetivo da captação foi garantir um colchão para “o cenário de incertezas”.

MPF quer que STF autorize acesso a dados de celular sem ordem judicial

Para MPF, é lícito extrair informações dos aparelhos no momento da prisão de suspeitos. 

Ericsson: Compartilhamento de espectro permite 5G às teles antes do leilão

Fabricante diz que, com as frequências do 4G é possível habilitar o 5G antes da licitação da faixa de 3,5GHz. Sobre o leilão 5G, a Ericsson diz que a decisão, ao final, será das operadoras. "Mas temos que tomar o cuidado para não ficarmos para trás", disse o presidente da Ericsson Latam Sul, Eduardo Ricotta.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G