Home - Convergência Digital

Teles vão ganhar dinheiro com coisas conectadas como provedores de serviços

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Pedro Costa - 25/10/2018

Como monetizar as coisas conectadas têm sido a grande pergunta do ecossistema de Internet das Coisas. Especialmente nas operadoras de telecomunicações. E ganhar dinheiro com IoT acontecerá com serviços que facilitem ainda mais o dia a dia das pessoas, observa Paulo Zambroni, da Ericsson Brasil. No Futurecom 2018, realizado de 15 a 18 de outubro, em São Paulo, a fabricante apresentou um case: bicicletas conectadas a um sistema de monitoramento e de gestão de recursos.

"O modelo permite que uma pessoa usando a bicicleta possa parar num café e pagar pelo sensor. Esse modelo faz com que a tele deixe de ser um canal de tecnologia e se torne um provedor de serviços dentro de um novo ecossistema", frisa o especialista. A fabricante estima que, em 2023, serão mais de 20 bilhões de objetos conectados a partir do serviço comercial do 5G.  Assistam a entrevista com Paulo Zambroni, da Ericsson.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

24/05/2019
Huawei: Brasil não está atrasado para o 5G

22/05/2019
Leilão do 5G inclui quatro faixas e será o maior da história da Anatel

30/04/2019
Brasil pode ser um dos líderes em rastreabilidade se tiver política pública para IoT no campo

25/04/2019
Autoridade de Dados, no Executivo, não terá reconhecimento internacional

23/04/2019
Grupo Sabin usa Inteligência Artificial para monitorar cibercrimes

23/04/2019
Banco Central: Inovação exige equilíbrio nada trivial entre pessoas, segurança e risco

22/04/2019
Lei de Dados Pessoais obriga ao governo a trabalhar dados internos

22/04/2019
GSI: proteção de dados pessoais exige urgência para um pacto federativo

22/04/2019
Crédito imobiliário ainda é desafio para digitalização

18/04/2019
Para o governo, regulamentação da LGPD exige criação imediata da autoridade de dados

Destaques
Destaques

5G exige muito espectro para entregar tudo que se espera da tecnologia

Anatel, indústria e teles sustentam que a nova onda tecnológica só vai atender as demandas esperadas se tiver frequência suficiente para melhorar os serviços.

No Brasil, 60% dos celulares já são 4G

Planos pós-pagos, incluindo os tipo 'controle', continuam ganhando terreno e terminaram o mês de abril como modelo de pagamento de 45% dos acessos móveis em serviço.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site