Home - Convergência Digital

Nextel adota sistema de entrega expressa de chips

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 30/10/2018

A Nextel implementou um serviço de entrega de expressa de chips nas regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro. Atualmente, todos os chips solicitados pela internet ou pelo atendimento telefônico são entregues em no máximo 4h a partir da conclusão da solicitação. 70% das entregas já ocorrem em até 2h e até o final de novembro esse prazo deve ser reduzido para 1h –– contra, em média, três dias nas demais operadoras de telefonia.

Iniciado em outubro de 2017 e desenvolvido em parceria com a Visagio, o projeto foi concebido com base na análise de pesquisas sobre os principais fatores de insatisfação dos clientes do segmento. “Quem adquire um novo chip tem uma necessidade imediata que precisa ser atendida e, com a entrega expressa, a Nextel passa a oferecer muito mais agilidade. Com essa comodidade, acreditamos que 80% dos pedidos possam passar a ser feitos remotamente”, destaca Estevam Araújo, CTO da Nextel.

Para agilizar o processo de entrega, foi necessário buscar soluções inovadoras para uma série de gargalos. “Tivemos que desburocratizar todos os processos. Antes, todos os chips eram associados ao número do pedido nos centros de distribuição - e as entregas eram programadas por região. Hoje, temos motoboys com vários chips espalhados por 92 pontos estratégicos. Quando o cliente faz a solicitação, o entregador mais próximo é acionado e associa, no local, o número do pedido ao chip, que é entregue já ativado”, acrescenta Araújo.

Outro desafio enfrentado relacionava-se às entregas em comunidades periféricas e áreas de risco. “Há regiões em que boa parte das empresas - e até mesmo os Correios - têm dificuldade de chegar. Como temos muitas solicitações de clientes nessas localidades, conseguimos equacionar essa questão e atualmente temos cerca de 90% de êxito nesse tipo de entrega”, ressalta o executivo.

Eventuais inconsistências no endereço ou dificuldades de localização foram solucionadas com outra inovação: a criação de uma ilha exclusiva para contato com os entregadores. Por meio desse canal, é possível combinar com o cliente para que a entrega seja realizada em um local nas proximidades de sua residência. Até o final do ano, a intenção é expandir o serviço para o interior de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Ainda pensando na constante melhoria da experiência dos seus clientes, a Nextel firmou também uma parceria com a plataforma StartSe. Por meio do programa Next Challenge, a operadora recrutará startups que possam contribuir com os projetos de melhoria permanente da qualidade dos serviços prestados. Poderão participar empresas que possuam um MVP (Produto Mínimo Viável) desenvolvido e validado ou que tenham produtos ou serviços já disponíveis no mercado. Os dois primeiros desafios lançados na plataforma relacionam-se justamente ao aperfeiçoamento dos processos de logística.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

31/05/2019
Vivo, TIM e Oi vão ao CADE criticar compra da Nextel pela Claro

18/03/2019
Nextel Brasil: clientes de alto valor foram o alvo no Rio e em São Paulo

18/03/2019
Por mais espectro, Claro Brasil compra Nextel por R$ 3,47 bilhões

15/02/2019
Anatel arquiva queixa de controle cruzado entre Oi e Nextel

09/11/2018
Telecom Italia autoriza TIM a fazer oferta para comprar Nextel

08/11/2018
Nextel respira, mas segue buscando um novo comprador no Brasil

30/10/2018
Nextel adota sistema de entrega expressa de chips

07/08/2018
Prejuízo acelera processo de venda da Nextel Brasil

15/06/2018
Nextel mira a classe C para viabilizar operação no Brasil

08/05/2018
Nextel Brasil tem melhor performance em dois anos, mas ainda registra prejuízo operacional

Destaques
Destaques

Varejo x bancos: carteira digital vira superaplicativo

Superados os obstáculos iniciais, mercado não financeiro acelera estratégia para ficar com preferência dos consumidores.

Para injetar R$ 200 bilhões na economia, IoT tem de ficar livre das amarras tributárias

Relator da proposta de tributo zero para Internet das Coisas, deputado Eduardo Cury, do PSDB/SP, disse que o setor precisa municiar o Parlamento com dados para convencer à Casa a conceder a desoneração.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site