TELECOM

Vivo é a primeira a confirmar desinvestimento na TV via satélite

Ana Paula Lobo ... 30/10/2018 ... Convergência Digital

A TV via satélite, o DTH, que abriu a porta do mercado para as operadoras de telecomunicações, não é mais prioridade na Vivo. Em teleconferência de resultados do terceiro semestre, nesta terça-feira, 30/10, o COO da Vivo, Christian Gebara, afirmou que a operadora vai reduzir em quase 40% os investimentos com o DTH, que atualmente, respondem por mais da metade dos assinantes de TV no país.

A Telefônica, segundo dados da Anatel, possui 8,99% do market share nacional. O Grupo América Móvil - Claro, NET e Embratel - detém 49,6% dos acessos ativos, com a Sky, da AT&T, na segunda posição, 29,4%.

A Vivo pretende encerrar este ano com 9 milhões de residências na área de cobertura de serviços de fibra óptica. Até 2020, a projeção é ter 15 milhões de casas prontas para assinar o serviço", observou o COO da Vivo. A operadora terá rede FTTH - fiber to the home - em 25 cidades até dezembro. O IPTV está disponível em 98 cidades.

“Nossos investimentos seguem em ritmo acelerado com foco na ampliação do nosso mapa de cobertura e na expansão da rede móvel 4G, presente hoje em cerca de três mil municípios; e 4G+, que já alcança quase 900 cidades. Na rede fixa estamos entregando cada vez mais munícipios com fibra. Lançamos 16 novos municípios, mesmo número de cidades que entregamos em 2017 e, até o final deste ano serão mais de 25 entregues no total, incluindo novas capitais”, completou Gebara.


Internet Móvel 3G 4G
Qualcomm é multada em mais de R$ 1 bilhão por prática antitruste na Europa

“O comportamento estratégico da Qualcomm impediu a competição e a inovação no mercado”, afirmou a comissária de concorrência da União Europeia, Margrethe Vestager, ao justificar a aplicação da multa. A Qualcomm vai recorrer da decisão.

Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições

Começa a valer cadastro que bloqueia telemarketing das teles

A partir deste 16/7, será possível inscrever números no cadastro ‘Não Me Perturbe’. Promessa da Anatel é que em 30 dias os inscritos não receberão mais chamadas promocionais das operadoras de telecom.

Imposto zero para IoT está na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara

Deputado Federal, Paulo Ganime (Novo/RJ), diz que o projeto de Lei 7656/2017, corrige uma distorção - a cobrança de FISTEL para os dispositivos IoT.

Governo autoriza aumento de capital da Telebras de R$ 1,17 bilhão

Montante é reflexo dos aportes autorizados em 2015, 2016, 2017 e 2018, quando a estatal estava ainda em acerto financeiro do satélite geoestacionário de defesa e comunicações. 

Comissão aprova prazo de seis meses para instalação de bloqueador de celular em presídios

Relator do projeto retirou o dispositivo que condicionava as novas outorgas de telecomunicação à instalação, ao custeio e à manutenção dos bloqueadores pelas prestadoras.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G