Home - Convergência Digital

Temor de interferência faz Anatel abrir consulta pública sobre usar 3,5 GHz para 5G

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 01/11/2018

A Anatel vai abrir uma consulta pública para discutir a destinação da faixa de 3,4 GHz a 3,6 GHz para o 5G. A questão é tratar das condições de uso da faixa, o que implica, por exemplo, no aumento dos blocos dentro dessa fatia do espectro, que passarão dos atuais 10+10 MHz para até 100+100 MHz. Serão aceitas contribuições por 30 dias.

O tema está em evidência na Anatel, que já possui uma tomada de subsídios aberta pelo Comitê de Espectro e Órbita para discutir de forma semelhante o uso das faixas de 2,3 GHz e 3,5 GHz, e que recentemente teve seu prazo final de sugestões adiado para 9/12. A diferença é que enquanto o CEO já trabalha com uma possível licitação ainda em 2019, a decisão do Conselho Diretor pontua que primeiro devem ser superadas as questões relacionadas a interferências com antenas parabólicas.

“É fundamental destacar a preocupação com a convivência dessa faixa em relação aos serviços hoje operados pela TVRO. Fez-se uma menção explícita aos estudos em curso pela Comissão de Espectro e Órbita, diante de um potencial impacto estimado em 20 milhões de domicílios”, ressaltou o relator da consulta pública, Otávio Rodrigues.

O relator indicou no voto aprovado nesta quinta, 1º/11, que tais estudos devem subsidiar a elaboração do edital de licitação, “que poderá conter compromissos para a mitigação de interferências ou mesmo autorizar o uso somente em regiões especificas onde o uso de TVRO for mitigado”.


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/11/2018
Anatel tenta baixar os preços das ofertas de atacado

14/11/2018
Anatel decide juntar sobras de 700 MHz em leilão de 2,3 e 3,5 GHz

14/11/2018
Anatel forma nova maioria em favor de facilitar a venda de bens reversíveis

13/11/2018
Brasil precisa mudar para atrair investimentos para o 5G

09/11/2018
Novo presidente da Anatel troca superintendentes e cargos de chefia

08/11/2018
Leonardo Morais toma posse como novo presidente da Anatel

06/11/2018
Sem espectro, o 5G não vai acontecer, adverte a GSMA

05/11/2018
Conectividade vai dar dinheiro no 5G

05/11/2018
Leonardo Morais, servidor de carreira, assume a presidência da Anatel

01/11/2018
Preço mínimo de exploração de satélite fica em R$ 102 mil

Destaques
Destaques

Na IoT, o segredo não está na Internet, mas, sim, nas coisas

O setor de Telecom precisa ter a humildade de entender que precisa se adequar às coisas para lidar com verticais como o agronegócio, diz o vice-presidente de estratégias da Ericsson, Vinicius Dalben. A fabricante fez um piloto de IoT com um caminhão da Scania.

GSMA: Governos adiantam licitação para pressionar implantação do 5G

Diretor de estratégia da GSMA, Fabio Moraes, lembra, porém, que as operadoras ainda estão fazendo investimentos no 4G.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site