GOVERNO

Reforma Trabalhista reduziu número de processos trabalhistas em 17,4%

Convergência Digital* ... 05/11/2018 ... Convergência Digital

A redução nos litígios trabalhistas é o impacto mais notável um ano depois da aprovação da Reforma Trabalhista pelo Congresso Nacional, segundo avaliação do Tribunal Superior do Trabalho. Nas contas do TST, entre janeiro e setembro de 2018 foram instauradas 1.661.141 reclamações nas varas do trabalho. No mesmo período de 2017, foram 2.013.241. As mudanças na legislação entraram em vigor em 11 de novembro de 2017.

“Até o momento, o principal impacto é a redução do número de reclamações trabalhistas, o que pode ser comprovado pelos dados estatísticos. Paralelamente, houve um aumento de produtividade”, afirma o presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior do Trabalho (CSJT), ministro Brito Pereira.

Segundo o TST, ao recuo de 17% no total de processos iniciados correspondeu uma queda de 20% na quantidade de processos que aguardam julgamento. Em dezembro de 2017, o resíduo nas Varas e nos Tribunais Regionais do Trabalho era de 2,4 milhões de processos. Em agosto de 2018, esse número caiu para 1,9 milhão de processos.

A construção de uma nova jurisprudência sore a aplicação concreta da legislação, no entanto, leva tempo. Questões de direito material são discutidas caso a caso, em julgamentos de primeiro e segundo graus, e em seguida no tratamento dos recursos pelo TST. As principais novidades da reforma envolvem férias, tempo à disposição do empregador, teletrabalho, reparação por dano extrapatrimonial, trabalho intermitente e extinção do contrato por acordo.

* Com informações do TST


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Pontes faz o primeiro contato com as teles para definir agenda do setor

SindiTelebrasil se reuniu com o ministro Marcos Pontes (MCTIC) e apresentou a agenda que o setor gostaria de ver solucionada pelo novo governo. À mesa estavam a revisão do Marco Regulatório do setor e o recém-aprovado PGMU, com novas metas de universalização.

Vinte e dois anos depois, governo tenta, mais uma vez, criar uma identidade nacional

Mais um Grupo de Trabalho foi montado para fazer o projeto sair do papel. Objetivo é criar uma base digital que unifique documentos diversos como Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e Certificado de Reservista.

MCTIC quer destravar acordo Telebras/Viasat por banda larga em 100 dias

Em entrevista ao portal do Palácio do Planalto, o ministro Marcos Pontes ambém falou sobre levar robótica para as salas de aula.

Caio Mario de Andrade é o novo presidente do Serpro

Perfil escolhido para a estatal é de um empreendedor da Internet. Vice-presidência ficará com um servidor de carreira, Wilson Biancardi Coury, que estava cedido à Rede Nacional de Pesquisa.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G