GOVERNO » Compras Governamentais

Por R$ 30 milhões, Embratel sai na frente para vencer pregão da nuvem de governo

Luís Osvaldo Grossmann ... 08/11/2018 ... Convergência Digital

ATUALIZADA -A Embratel, por meio de sua subsidiária Primesys, foi quem apresentou o menor lance no disputado pregão da primeira nuvem pública do governo federal que está acontecendo nesta quinta-feira, 08/11. Na disputa, que tinha valor de referencia de R$ 71,4 milhões, 12 empresas competiram. E por enquanto o lance que pode ser vitorioso é de R$ 30,07 milhões, o que representa um deságio de 58%. Ainda assim, a pregoeira responsável pediu para uma nova redução nos valores, como é praxe nos pregões eletrônicos, e a Embratel/Primesys tem até sexta, 9/11, para responder.

O objetivo do pregão é contratar um integrador, o broker, para a prestação de serviços de computação em nuvem sob demanda, incluindo desenvolvimento, manutenção e gestão da oferta continuada de recursos de infraestrutura como serviço (IaaS) e plataforma como serviço (PaaS). O valor se refere à contratação inicial por 30 meses, mas com a possibilidade de esticar o contrato até 60 meses.

O valor envolve serviços inicialmente para os 12 órgãos públicos que já aderiram ao edital, a começar pelo Ministério do Planejamento, que será o gestor do contrato, e também para Cade, Anvisa, Ministério da Fazenda, CGU, Instituto Federal de Educação do Piauí, Iphan, Esaf, ICM-Bio, Enap, Polícia Rodoviária Federal e a Agência Brasileira Gestora da Fundos Garantidores e Garantias. Mas é possível a adesão de outros órgãos à ata de registro de preços.

A ideia do governo federal é começar a migrar a oferta de serviços públicos para a nuvem, dentro da estratégia de possibilitar que eles sejam prestados por meio digital, inclusive com aplicativos pelo celular. Inicialmente a ideia era fazer um pregão multinuvem, com gestão dessa figura de broker. Depois o pregão foi redimensionado para ter um único fornecedor. Segundo a Setic do Ministério do Planejamento, a ideia é começar por serviços "não críticos".


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Pontes: Corte de 42% no orçamento deixa MCTIC 'com a corda no pescoço’

“Ao longo dos anos o ministério veio perdendo prestigio e o orçamento veio caindo. Precisamos de muito apoio para melhorar o orçamento para o ano que vem, porque  o deste ano já está feito”, afirmou o ministro Marcos Pontes.

Receita Federal decide cobrar IPI das impressoras 3D

Para o Fisco, a atividade de impressão em 3D caracteriza-se como uma operação de industrialização na modalidade de transformação.

"Espero que dinheiro da base de Alcântara não vire outro FUST", diz Marcos Pontes

Segundo explicou no Senado Federal, o acordo é uma autorização dos Estados Unidos para lançamentos de foguetes na base brasileira. Mas não há ainda definição de quem vai ficar com os recursos da operação comercial da base.

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.

Ministério da Economia vai concentrar pagamentos ao Serpro por base do CPF

Órgãos públicos têm 12 meses para estarem todos ligados à plataforma de interoperabilidade dos dados federais, ConectaGov. Contratos com Serpro serão firmados e assumidos pela Secretaria de Governo Digital, revela ao Convergência Digital, o secretário Luis Felipe Salin Monteiro.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G