Home - Convergência Digital

Empresa vai pagar até R$ 100 mil para hackers acharem falhas na plataforma

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 08/11/2018

A partir do dia 10 de novembro, a comunidade brasileira de segurança poderá acompanhar a estreia da modalidade Bug Bounty do Hackaflag. O bug bounty é um programa de recompensa onde empresas poderão cadastrar suas aplicações e plataformas, definindo um valor a ser pago por cada bug ou falha de segurança detectada.

O objetivo dessa modalidade é promover esse tipo de iniciativa no mercado brasileiro, prática amplamente adotada pelos grandes unicórnios da cena de startups, empresas de tecnologia, governos e instituições financeiras, como a melhor forma de reconhecer as contribuições da comunidade hacker para um ambiente online mais seguro, priorizando a correção de problemas de acordo com o impacto que os mesmos causam na vida das pessoas.

Na estreia da modalidade no Brasil, a iniciativa será encabeçada pela Quod, gestora de inteligência de dados dos 5 maiores bancos brasileiros, que colocará sua plataforma à disposição de 20 pesquisadores de segurança que terão 12 horas para encontrar o maior número de falhas possível. Para cada falha encontrada, dependendo da criticidade da mesma, um prêmio em dinheiro será pago. A premiação total alcança os 100 000 reais.

“A Segurança da Informação é extremamente importante para o nosso negócio. Este evento é o primeiro passo de uma abordagem sistemática de monitoramento de segurança que estamos implementando”, afirma Leonardo Carmona, CISO da Quod. A disputa cumpre o propósito de desmistificar a figura controversa do hacker, já que possibilita que o público geral possa ver os processos de invasão em tempo real.

Enquanto ainda revela talentos para as principais empresas do país, profissionais já consolidados podem investir no networking e em novas oportunidades de carreira e renda. “O Hackaflag por anos tem sido uma importante ferramenta para fomentar a cultura hacker pelo Brasil e descobrir novos talentos para a Segurança da Informação. Neste ano vivemos um momento de consolidação e São Paulo é um polo fundamental para esse setor, por isso foi a primeira a receber a nova modalidade”, destaca Anderson Ramos, CTO da Flipside.

 





Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/04/2019
Clonagem de celular provoca perdas de até R$ 10 mil por vítima no Brasil

16/04/2019
Brechas legais para reconhecimento facial exigem autoridade de dados forte

15/04/2019
Defesa já investiu em 1.200 cursos para formar em segurança cibernética

11/04/2019
No Brasil, 15% dos PCs corporativos não têm proteção contra malwares

10/04/2019
Dois em cada três hotéis vazam dados de hóspedes, diz pesquisa

02/04/2019
Brasil assume presidência do Fórum Ibero-Americano de Defesa Cibernética

27/03/2019
Câmara cria subcomissões sobre cibersegurança, biometria e inovação

25/03/2019
Hackers atacam 1 milhão de PCs da Asus no Brasil e em vários países

14/03/2019
Cidades usam luzes no chão para alertar cruzamentos aos viciados em celular

14/03/2019
Vivo, com ElevenPaths, quer massificar Segurança da Informação

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

STF anula decisão do TST e reforça valor legal da terceirização

Decisão aconteceu em uma ação de uma atendente contratada pela Contax, prestadora de serviços de call center, para atuar como terceirizada na Telemar Norte Leste.

Mais de 60% dos brasileiros estão infelizes, mas têm medo de mudar de emprego

Estudo da Brands2Life, com o LinkedIn, traz um dado assustador: 80% dos brasileiros não se candidata para a vaga de trabalho que gostaria. Cerca de um terço dos profissionais deixa de se candidatar a uma nova vaga por falta de confiança na sua própria capacidade.

Serviços de TI e de Telecom podem ser 100% terceirizados no Governo Federal

Também foi incluída na lista divulgada pelo governo Federal o serviço de teleatendimento. Decisão está publicada na portaria 443/2018.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site