GOVERNO » Compras Governamentais

TCU mantém revisão de contratos de TI por conta da desoneração da folha

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/11/2018 ... Convergência Digital

O Tribunal de Contas da União negou um recurso apresentado pela Brasscom e manteve decisão anterior que determina a repactuação de preços de contratos de serviços de tecnologia da informação contratados pela administração federal por conta da redução tributária promovida pela desoneração da folha de pagamento do setor.

As empresas de TI alegaram que o governo acabou por conceder um benefício a si mesmo quando, por consequência da política de substituição da contribuição previdenciária por um percentual da receita buscou a renegociação dos contratos tendo em vista a redução de custos em encargos trabalhistas. Além de indicar a frustração de receitas legitimamente previstas diante dos valores inicialmente contratados.

Os ministros do TCU, no entanto, acompanharam o entendimento do relator Aroldo Cedraz, de que a repactuação buscada por órgãos da administração federal em contratos de TI é legalmente prevista e já tinha sido medida defendida pela própria Corte de Contas.

“As empresas abrangidas pela desoneração da folha de pagamento prevista naquela lei [12.456/11], ao contratar com a Administração Pública, continuam submetidas a todas as regras aplicáveis a esse tipo de contratação, notadamente a exigência de apresentação de orçamento detalhado em planilhas que expressem a composição de todos os seus custos unitários e a da revisão dos preços contratados, quando sofrerem comprovada repercussão por causa de alteração tributária”, apontou o relator.

“Portanto, a desoneração da folha de pagamento promovida pela Lei 12.546/2011, que implicou alterações na cobrança da contribuição previdenciária das empresas por ela abrangidas, é motivo para a repactuação dos preços dos contratos celebrados entre essas empresas e a Administração Pública”, concluiu, sendo acompanhado pelos demais ministros no que se tornou o Acórdão 2572/18.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Operações com criptomoedas terão que ser informadas à Receita

Nova instrução normativa da Receita exige informações quando as operações com ‘criptoativos’ ultrapassarem os R$ 30 mil mensais. No valor  de mercado desta terça-feira, 07/05, um bitcoin vale US$ 5.940,00, ou R$ 23.760. Ou seja, brasileiro com 2 bitcoins terá de prestar contas com o Fisco.

Reforma Tributária só acontece se for 'fatiada' com governo à frente

A afirmação é do presidente da Frente Parlamentar Mista da Reforma Tributária do Congresso Nacional, deputado Luis Miranda, do DEM/DF. "Não dá para crer que governo federal, estados e municípios façam a reforma unificada", diz.

Serpro e Dataprev terão de se reinventar para a economia digital

O secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, admite que um desafio a ser enfrentado para a transformação digital do governo federal é a interoperabilidade dos bancos de dados. "Há muitos que não se conversam", afirmou.

Falta de dinheiro exige exercício de criatividade na economia digital

Para o secretário de empreendedorismo e inovação do MCTIC, Paulo Alvim, a retomada da competitividade no Brasil passa por um ecossistema sólido unindo governo, iniciativa privada e academia.

eSocial: Governo adia para outubro emissão do recolhimento das PMEs

Receita Federal publicou nova instrução normativa nesta segunda, 22/4, com novo prazo para que empresas de micro e pequeno porte emitam a DCTFWeb.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G