NEGÓCIOS

Buscapé perde ação contra o Google no CADE

Convergência Digital* ... 21/11/2018 ... Convergência Digital

A Superintendência do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendou o arquivamento de uma ação aberta pela empresa brasileira controladora do site de comparação de preços Buscapé contra o Google, segundo despacho publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 21/11. De acordo com o parecer do órgão antitruste, a recomendação foi feita “em virtude da inexistência de indícios de infração à ordem econômica”.

No caso, iniciado em 2011, a E-Commerce Media Group Informação e Tecnologia, responsável pelos sites de comparação de preço Buscapé e Bondfaro, denunciou conduta anticompetitiva praticada pela filial brasileira do Google. A empresa alegou que o grupo norte-americano privilegiava o “Google Shopping nas primeiras posições da primeira página dos resultados das ‘buscas orgânicas’ do Google Busca”.

Segundo a E-Commerce, isso “faz com que comparadores de preço rivais do Google Shopping percam audiência, cliques e receita, do que resultam preços maiores para o consumidor final”. Enquanto isso, na avaliação do Google, “a exibição de resultados do Google Shopping é uma inovação benéfica para o consumidor que não viola a Lei Antitruste”, segundo versão pública de nota técnica do caso disponibilizada pelo Cade.

Na nota, a superintendência do Cade reconhece que os comparadores de preços perderam “alguma relevância nos últimos anos comparativamente ao Google Shopping e aos marketplaces”, mas afirma que não é possível atribuir isso às práticas adotadas pelo Google, controlado pela Alphabet.


Cloud Computing
Google abre temporada de cursos gratuitos sobre nuvem

Cloud Onboard seguirá até 30 de julho. No ano passado, evento reuniu mais de 2 mil pessoas em São Paulo. São temas big data, machine learning e desenvolvimento de aplicações.

#apoieojornalismoespecializado é prorrogada até 31 de julho

Campanha foi estendida como agradecimento aos apoiadores: ABERT, ABES, Abinee, Abranet, Abratel, Abrint, ABTA, Algar, Assespro, Associação Neo,Brasscom, Brisanet, Cisco, Claro, Commscope, CPQD, Embratel Claro, Ericsson, F5, Feninfra, Fitec, Futurecom 2020, Highline, Huawei, Infobip, Intel, Kryptus, Mercado Livre, mobi2buy, PadTec,
Positivo Tecnologia, NIC.br, Oi, RNP, SAS, SindiTelebrasil, Stefanini,
Surf Telecom, Sky, Take, TelComp, TIM ,  Vero Internet, Viasat, Vivo e WDC Networks. 
A #apoieojornalismoespecializado une os veiculos - Convergência Digital, Mobile Time, Tele.Síntese, Teletime e TI Inside. Participe. Venha fazer parte do time que apoia o jornalismo especializado.

Stone que ir além das 'máquininhas', mas demite 1.300 para enfrentar crise do Covid-19

Empresa de meio de pagamentos quer investir em serviços financeiros e em ferramentas de vendas online. Em abril, a companhia, em parceria com o Grupo Globo, lançou a TON, voltada para trabalhadores autonômos.

Covid-19 fez produção da indústria eletroeletrônica recuar 9,1% em março

Abinee adverte que no mês de abril haverá uma nova queda, provavelmente ainda mais aguda, por conta das medidas de isolamento social.

#apoieojornalismoespecializado

Ação inédita une o Convergência Digital, o Mobile Time, o Tele.síntese, o Teletime e a TI Inside para uma campanha integrada para chamar a atenção para a relevância e o papel do jornalismo especializado setorial. O movimento é para financiar os esforços jornalísticos durante esse período de pandemia de Covid-19. Saiba quais são as empresas que já aderiram à nossa iniciativa e estão ajudando o jornalismo especializado.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G