Home - Convergência Digital

Anatel: compartilhamento é obrigatório para as operadoras no 5G

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 28/11/2018

Ao participar da 6ª edição do Global 5G Event, realizada pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) e que acontece de quarta-feira, 28, a sexta-feira, 30/11, no Rio de Janeiro, o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Leonardo Morais, advertiu que o sucesso da estratégia digital do governo está interligado à construção de uma efetiva infraestrutura de telecomunicações. "Não há digital sem conectividade. É a conectividade o pilar das novas ações da era digital", pontuou.

Às prestadoras, o presidente da Anatel afirmou que o 5G exige muito mais compartilhamento do que o existente hoje. "A receita só vai vir se as operadoras compartilharem suas infraestruturas e espectro. O compartilhamento não é mais um desejo, mas uma imposição do mercado", observou. Para Morais, o 5G vai mudar a forma de viver do cidadão e a maneira de fazer negócios. "A segurança cibernética ganha cada vez mais atenção e terá papel relevante com a nova tecnologia", salientou Morais.

Morais informou que mais testes serão realizadas com a tecnologia 5G no primeiro trimestre de 2019 - especialmente para dirimir toda e qualquer dúvida com relação à interferência com as antenas parabólicas para o uso da faixa 3,5 GHz para o 5G, na qual há 100 MHz de espectro disponíveis. "Já há testes de campos finalizados, mas faremos mais para garantir a oferta do serviço aos cidadãos", observou. A Anatel prevê a realização do leilão dessa primeira faixa para o 5G ainda em 2019, ou no máximo no começo de 2020.

Com relação ao novo governo, o presidente da Anatel disse que está colaborando com o repasse de informações solicitadas pela equipe de transição. Afirmou ainda acreditar que a gestão de Jair Bolsonaro dará às telecomunicações um papel relevante para o desenvolvimento econômico do Brasil. "Reitero que verticais relevantes, como o agronegócio, requerem comunicação, conectividade para crescerem. Tenho convicção que telecom estará na agenda [do futuro governo]", completou.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital,  o presidente da Anatel fala sobre o momento do 5G no Brasil. Assistam.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/06/2019
Oi se posiciona como prestadora de serviços de TI

13/06/2019
Anatel quer BNDES como agente financeiro para usar FUST na expansão da banda larga

13/06/2019
Thales Teixeira, da Harvard: disrupção digital vai muito além da tecnologia

13/06/2019
Salesforce: banco precisa destravar os dados para atender aos clientes

12/06/2019
Aplicativo do Flamengo do BS2 já teve mais de 700 mil downloads

12/06/2019
Ericsson: adoção do 5G será ainda mais rápida do que foi a do 4G

11/06/2019
NCR Brasil mira software com compra da Oki e arremata parte do Bradesco em fábrica

11/06/2019
Huawei: infraestrutura definida por software é a base da transformação digital nos bancos

11/06/2019
Bradesco: fintechs não são concorrentes no nosso negócio

11/06/2019
Unisys: LGPD exige interligação das agendas econômica e digital

Destaques
Destaques

Para injetar R$ 200 bilhões na economia, IoT tem de ficar livre das amarras tributárias

Relator da proposta de tributo zero para Internet das Coisas, deputado Eduardo Cury, do PSDB/SP, disse que o setor precisa municiar o Parlamento com dados para convencer à Casa a conceder a desoneração.

5G exige muito espectro para entregar tudo que se espera da tecnologia

Anatel, indústria e teles sustentam que a nova onda tecnológica só vai atender as demandas esperadas se tiver frequência suficiente para melhorar os serviços.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site