Home - Convergência Digital

No Rio de Janeiro, reajuste dos trabalhadores de TI ficou em 4,16%

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 11/12/2018

O sindicato patronal TI Rio e Sindpd-RJ assinaram, nesta segunda-feira, 10/12, o Termo Aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (TA CCT) 2017/2019, com vigência para este ano de 2018. A data base no Rio de Janeiro é no mês de setembro. Em resumo ficou acordado entre as partes:

a) Reajuste salarial: 4,16%

b) Pisos salariais:

• Atividade meio R$ 1.036,37

• Digitador R$ 1.224,47

• Técnico Profissional de Informática R$ 1.339,26

• Analista de Sistemas R$ 2.009,54

O pagamento das diferenças dos reajustes salariais e dos pisos das competências de setembro/2018, outubro/2018 e novembro/2018, bem como da 1ª (primeira) parcela do 13º (décimo terceiro) salário e férias gozadas, poderá ser realizado até a folha de pagamento da competência de fevereiro/2019.

c) Tíquete refeição:

R$ 25,31 para jornada de 8 (oito) horas diárias

R$ 18,31 para jornada de 6 (seis) horas diárias

d) Benefício indireto:

R$ 206,10 para jornada de 8 (oito) horas diárias

R$ 154,78 para jornada de 6 (seis) horas diárias

O pagamento do tíquete e do benefício indireto ocorrerá a partir de dezembro/2018, sendo facultado as empresas realizar o pagamento do valor correspondente a diferença do benefício de dezembro/18, em crédito suplementar até a competência fevereiro/19.

As demais cláusulas econômicas foram reajustadas a partir de dezembro/2018, conforme disposição do Termo Aditivo assinado. Clique aqui e leia Termo Aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

05/04/2019
TRT define reajuste de 3,43% no dissídio coletivo dos trabalhadores de TI de São Paulo

25/03/2019
TRT precisa se manifestar sobre dissídio de TI em São Paulo

21/02/2019
TRT ordena a reabertura das negociações salariais de TI em São Paulo

19/02/2019
TRT vai mediar impasse entre patrões e empregados de TI em São Paulo

06/02/2019
Impasse encerra negociação salarial de TI em São Paulo. Trabalhadores vão discutir greve

29/01/2019
Negociação entre patrões e empregados de TI não avança em São Paulo

22/01/2019
Impasse já marca a negociação salarial de TI em SP para 2019

19/12/2018
TRT/São Paulo homologa dissídio coletivo de TI de 2018

12/12/2018
Trabalhadores de TI de São Paulo vão discutir trabalho intermitente com patrões

11/12/2018
No Rio de Janeiro, reajuste dos trabalhadores de TI ficou em 4,16%

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

TI precisa de 420 mil novos profissionais até 2024

Formação de mão de obra, que já sofre para atender a demanda, vai ficar longe dos 70 mil novos empregos por ano. IoT, Big Data e segurança são áreas de maior demanda.

Salários em TICs são três vezes maiores que a média nacional

Em software e serviços, onde estão 75% das vagas das empresas de tecnologia da informação, remuneração média em 2018 foi de R$ 5 mil, contra R$ 1,8 mil do salário médio nacional.

TICs podem formar 1 milhão a cada quatro anos com recursos já existentes

Segundo o presidente da Contic, Edgar Serrano, atualização do marco legal de telecom e a criação do Sistema S das TICs são medidas de transformação digital sem impacto fiscal.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site