TELECOM

Clonagem de celular preocupa Anatel e operadoras

Luís Osvaldo Grossmann ... 14/12/2018 ... Convergência Digital

Ao alinhar as ações previstas para 2019, o presidente da Anatel, Leonardo de Morais, defendeu avanços no projeto batizado Celular Legal, que bloqueia o acesso de aparelhos considerados irregulares às redes móveis de telecom. Ele lembrou especialmente a controvérsia sobre a possibilidade de clonagem.

“Neste ano precisaremos amadurecer e avançar com o projeto. Na medida que bloqueia irregulares, adulterados, sem certificação ou com IMEI inválido, diminui os incentivos para a prática do furto ou do roubo. Evidentemente existem polêmicas sobre a possibilidade de clonagem, mas por isso entendo que o projeto vai decantar este ano”, afirmou.

Esse projeto dividiu fabricantes de aparelhos, que defendem o projeto, e operadoras móveis, céticas quanto a resultados efetivos. Em princípio são desconectados das redes aparelhos que não possuam IMEI, um número que serve de identificação internacional de celulares, válido.

Para Morais, o projeto precisa avançar na certificação e nos reflexos em qualidade. “Vincular legalidade, por óbvio a certificação decorre de lei, à saúde do usuário, em questões de baterias que explodem, radiação. E tem a questão de qualidade do serviço prestado, durabilidade. O reflexo na segurança pública é uma decorrência”, afirmou.

Mas em que pese os fabricantes sustentarem o projeto como combate à pirataria, as operadoras móveis reclamam de furos que o deixam vulnerável. Em especial, a possibilidade de clonagem de um IMEI válido. “Isso foi vendido como segurança pública e até a intervenção no Rio de Janeiro antecipou. Mas esqueceram de explicar a facilidade de clonar”, reclama um executivo das telecomunicações.

É que na impossibilidade de determinar qual seria o IMEI válido original, a decisão até aqui é de não bloquear os aparelhos nesses casos, ainda que existam meia dúzia deles simultaneamente em operação. Por isso as teles móveis reclamam que o projeto não terá impacto no roubo ou furto dos aparelhos.

Para o presidente da Anatel, a sociedade também tem que atuar. “É importante que a própria sociedade esteja consciente. O projeto terá mais efetividade na medida em que, ao comprar celular de segunda mão, se verifique o IMEI, que pode ser feito pelo próprio site da Anatel”, defendeu Morais.


Internet Móvel 3G 4G
Para a Huawei, operadoras precisam de, no mínimo, 100 Mhz para ter o 5G

Evolução do 5G é muito rápida e, em três anos, serão 500 milhões de usuários no mundo e as teles precisam de espectro para desenvolver redes e aplicações, ressaltouo He Mansheng, diretor de marketing 5G da Huawei. 4G terá papel crucial na evolução das redes.

Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Painel Telebrasil 2019 anuncia temas das 24 sessões temáticas

Evento, que é o maior do setor de Telecomunicações, acontece nos dias 21, 22 e 23 de maio, em Brasília. Ao todo, serão 24 sessões temáticas que vão abordar temas como capacitação digital, regulação responsiva, direitos de passagem e tributação para Internet das Coisas.

Teles fazem cadastramento para atualizar dados de clientes do celular pré-pago

O recadastramento dos usuários junto às operadoras começará nesta quinta-feira, 18/04, pelo DDD 62, alcançando progressivamente todo o País até agosto. Quem não fizer o recadastramento terá a sua linha bloqueada enquanto o cadastro não for atualizado.

Oi faz piloto de internet das coisas rural em 450 MHz

Rede integrada de sensores e dispositivos conecta uma das fazendas da trading Amaggi, em Mato Grosso. Segundo a Oi, faixa de 450 MHz "é fundamental para IoT no campo".

Para a Anatel, prêmio de acessibilidade inaugura regulação por incentivos

“Queremos mudar a ótica, promover competição por qualidade e uma ferramenta são os rankings. Agora acessibilidade, mas teremos no ano que vem de qualidade e atendimento”, diz o presidente da agência, Leonardo de Morais. A TIM foi a primeira colocada em ações de acessibilidade.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G