INCLUSÃO DIGITAL

Viasat: TCU controla viabilidade de acordo com Telebras

Luís Osvaldo Grossmann ... 17/12/2018 ... Convergência Digital

A ideia era lançar o serviço comercial logo na esteira das instalações de antenas de acesso à internet via satélite exigidas pelas políticas públicas. Mas com tratativas sobre valores demandadas pelo Tribunal de Contas da União, a americana Viasat vai esperar a palavra final do órgão de controle para iniciar a venda privada de conexões com uso do satélite nacional, da Telebras.

Antes do sucessivos litígios sobre o uso do satélite brasileiro, a previsão era da venda de banda larga em no máximo nove meses após o anúncio do acordo. “Em outubro já teríamos lançado o WiFi comunitário, coisa de 45 dias depois das antenas dos programas governamentais. Mas vamos aguardar uma definição do TCU antes de retomar essa ideia”, afirma a vice presidente e gerente geral da empresa para o Brasil, Lisa Scalpone, em Brasília nesta segunda, 17/12, para a inauguração do centro de operações do satélite na capital.

A demanda, mesmo em áreas isoladas como comunidades indígenas, é evidente, revela a executiva. “Estamos vendo taxas incríveis a partir do próprio Gesac”, explica. A julgar pelo modelo visto em julho, quando Telebras e Viasat conectaram uma escola na comunidade indígena Surumu/Barro, em Roraima, a população que vive na área não conta com sinal de celular e aproveita o link da escola. É parte do público que a Viasat acredita capaz de comprar o serviço em um modelo semelhante a uma Lan House, só que via satélite.

O contrato entre a empresa americana e a estatal brasileiro passou a maior parte de 2018 suspenso, primeiro pelo Judiciário, depois pelo TCU. No último dia de outubro, a Corte de Contas aprovou a validade do acordo, mas exigiu mudanças nos valores negociados. Na semana passada executivos da Telebras foram aos EUA. Nesta, vice-versa. A expectativa de que até a primeira semana de fevereiro haverá números a mostrar ao TCU.

A vice presidente da empresa americana garante, no entanto, que a relação com o Brasil está só começando. O próximo satélite da constelação Viasat 3 será lançado em 2020 e deverá cobrir a América do Sul, permitindo a modulação de capacidade em toda a região. No México, onde chegou em 2016, também pelo vão da baixa renda, já começou a oferecer conexões residenciais de alta velocidade em regiões urbandas também.


Carreira
Hacker ataca servidores do sindicato das empresas de TI do Rio de Janeiro

O TI Rio informou, por meio de nota oficial, que houve a perda de parte dos documentos e informações cadastrais e alerta as associadas para tomarem 'os devidos cuidados e precauções para não serem alvo'. O presidente do TI Rio, informa que o backup na nuvem foi crucial para salvar as informações.

Aloo Telecom cede rede de fibra ótica para viabilizar UTI virtual

A Aloo Telecom é responsável por toda a tecnologia por trás do projeto UTI Virtual, em pareria firmada com o Hospital do Coração (HCOR) e a Fundação Cardiovascular de Alagoas (Cordial). Aliança permitirá atendimento em tempo rela para 100 leitos nos hospitais do SUS de Alagoas.

Menos de 1% dos sites no Brasil passou nos testes de acessibilidade

Brasil tem cerca de 14 milhões de sites ativos, segundo dados pesquisados pelo movimento Web para Todos.

França vai obrigar remoção de conteúdo de redes sociais em 1 hora

Lei impõe a rápida exclusão de conteúdos que envolvam pedofilia e terrorismo e dá até 24 horas para remoção do que for considerado “manifestamente ilícito”. 

ISPs levam acesso à Internet em fibra ótica para as prefeituras

O salto do uso da fibra ótica nos municípios foi destacado pela pesquisa TIC Governo Eletrônico 2019.  Em 2017, eram 45% e houve um impulso para 73% no ano passado. Em contrapartida, as conexões via rádio estão em baixa e caíram de 60%, em2017, para 49%, em 2019.

No Brasil, 45,9 milhões de pessoas ainda não acessam a Internet

Dados foram apurados pela PNAD Contínua IBGE e mostra que boa parte alega não saber usar ou falta de interesse. São 14,9 milhões de domicílios sem acesso à internet no Brasil. Mulheres superam os homens no acessso à Internet./p>

Governo inicia segunda etapa de contratação de ISPs para área de saúde

Está aberta a segunda chamada para a conexão de Postos de Saúde de todo o país. A RNP informa que, nessa etapa, onde não existir disponibilidade de fibra ótica será considerada alternativa em enlace de radio de frequência licenciada ou livre e satélite.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G