Home - Convergência Digital
Veja mais
Veja mais

Microsoft tem nova presidente no Brasil

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 14/01/2019

Após 3 anos e meio liderando a Microsoft Brasil, Paula Bellizia foi promovida a vice-presidente de Vendas, Marketing e Operações da Microsoft América Latina. Tânia Cosentino é a nova presidente da Microsoft Brasil. A executiva possui mais de 30 anos de experiência profissional e, desde outubro de 2018, ocupava a vice-presidência global de qualidade & satisfação do cliente da Schneider Electric, empresa na qual desenvolveu uma carreira de muito sucesso por 19 anos.

Ingressou em 2000 como gerente nacional de vendas, após 3 anos passou a ser diretora comercial e em 2009 assumiu a presidência da subsidiária brasileira. Em janeiro de 2013, foi promovida a presidente da empresa na América do Sul, com foco em preparar a Schneider Electric a liderar a transformação digital na região, em mercados como residencial, industrial, comercial, data centers, energia e infraestrutura para cidades inteligentes. Além disso, ela estimulou o desenvolvimento de soluções diferenciadas e sustentáveis com o objetivo de agregar valor aos negócios dos clientes. Tânia era também membro do Conselho Consultivo de Diversidade & Inclusão da empresa.

“Estou muito motivada a fazer parte da equipe da Microsoft Brasil, determinada a contribuir para o crescimento dos negócios, bem como para a aceleração da transformação digital de nossos clientes e parceiros. Admiro não apenas a história da Microsoft, sua capacidade inovadora e as pessoas apaixonadas, como também a sua missão: empoderar cada pessoa e cada organização no mundo a conquistar mais. Acredito que a tecnologia pode contribuir para resolver os principais desafios do planeta: a desigualdade, a pobreza e as mudanças climáticas. A tecnologia também pode alavancar a competitividade do Brasil e é ótimo poder contribuir para um futuro melhor do meu país”, afirmou no comunicado distribuído à imprensa.

Paula Bellizia liderou a Microsoft Brasil desde julho de 2015. Em sua nova posição como vice-presidente de Vendas, Marketing e Operações da Microsoft América Latina, Paula irá se concentrar em impulsionar os objetivos de negócios e estratégias da Microsoft em torno da transformação digital e inteligência artificial, em 35 escritórios de 21 países, com mais de 2.000 funcionários e 80.000 parceiros de negócios em toda a região.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

15/05/2019
Microsoft alerta para risco de novo ataque como WannaCry

10/05/2019
Acordo bilionário com a Microsoft é rejeitado pela comissão de TI do TJ/São Paulo

09/04/2019
CNJ não libera contrato de R$ 1,3 bilhão do TJ/SP com a Microsoft

08/04/2019
Órgão especial do TJ/SP valida acordo de R$ 1,3 bilhão com a Microsoft e enfrenta CNJ

13/03/2019
CNJ abre diligência interna para avaliar contrato bilionário da Microsoft com o TJ/SP

12/03/2019
TJ/SP descarta favorecer Microsoft e prejudicar Google e AWS

21/02/2019
CNJ alega risco à segurança nacional e suspende contrato do TJ/SP com a Microsoft

21/02/2019
Microsoft vence Google e Amazon e leva contrato de R$ 1,32 bi no TJ/São Paulo

12/02/2019
CEO da Microsoft conclama adesão à Convenção Global contra guerras digitais

14/01/2019
Microsoft tem nova presidente no Brasil

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

TI precisa de 420 mil novos profissionais até 2024

Formação de mão de obra, que já sofre para atender a demanda, vai ficar longe dos 70 mil novos empregos por ano. IoT, Big Data e segurança são áreas de maior demanda.

Salários em TICs são três vezes maiores que a média nacional

Em software e serviços, onde estão 75% das vagas das empresas de tecnologia da informação, remuneração média em 2018 foi de R$ 5 mil, contra R$ 1,8 mil do salário médio nacional.

TICs podem formar 1 milhão a cada quatro anos com recursos já existentes

Segundo o presidente da Contic, Edgar Serrano, atualização do marco legal de telecom e a criação do Sistema S das TICs são medidas de transformação digital sem impacto fiscal.

TRT define reajuste de 3,43% no dissídio coletivo dos trabalhadores de TI de São Paulo

O reajuste vale para todas as cláusulas econômicas, entre elas, o auxílio-refeição, que passaria para R$ 18,62. MP tem oito dias para dar o seu parecer.

STF anula decisão do TST e reforça valor legal da terceirização

Decisão aconteceu em uma ação de uma atendente contratada pela Contax, prestadora de serviços de call center, para atuar como terceirizada na Telemar Norte Leste.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site