INTERNET

Cristo Redentor veste laranja pelo Dia Mundial da Internet Segura

Convergência Digital* ... 04/02/2019 ... Convergência Digital

O Brasil e mais 150 países celebram nesta terça-feira, 5/2, o Dia da Internet Segura 2019. Ao longo desta semana, o Ministério Público Federal (MPF), a organização não-governamental SaferNet Brasil e outras instituições públicas e civis estão realizando eventos de conscientização sobre o uso seguro e responsável da web e contra a violação online de direitos. No Rio de Janeiro, o dia é lembrado já nesta véspera: nesta segunda-feira, 04/02, o Cristo Redentor será iluminado de laranja, cor da campanha global, num apoio da Arquidiocese do Rio à campanha mundial.

Na sexta-feira (8/2), organizadores brasileiros do Dia se reúnem no Cristo Redentor para promover o evento #InternetMaisPositiva para defender a importância do combate e prevenção das violações online de direitos, muitas facilitadas por quem compartilha dados e imagens pessoais sem segurança. Líderes de instituições públicas e civis vão divulgar formas de conscientizar a sociedade para evitar casos como agressões virtuais recentes contra uma jornalista negra e a filha adotiva de um casal de atores. Os visitantes do local poderão neste dia se informar sobre cidadania digital e apoiar a causa se fotografando junto da moldura promocional do Dia da Internet Segura.

Todo ano, o Dia da Internet Segura (SID na sigla original) tem um lema e, nesta edição 2019, esse slogan será #InternetMaisPositiva. Esse lema reforça a defesa do respeito à pluralidade na internet, em especial nas redes sociais. Uma pauta comum das instituições que apoiam o Dia da Internet Segura é o combate a crimes cibernéticos como a incitação ao racismo e a difusão de pornografia infanto-juvenil, que, no Brasil, são reprimidas pelo MPF, que tem núcleo nacional especializado nessas frentes há mais de sete anos, e por polícias e organizações da sociedade civil como a ONG SaferNet Brasil, promotora de cada edição do SID junto com o Comitê Gestor da Internet (CGI.br).

“Essa data é importante para nos lembrar da consciência que todos devem ter ao usar a internet, a agirmos de forma respeitosa e cuidadosa no ambiente virtual”, afirma a procuradora regional Neide Cardoso de Oliveira, coordenadora nacional do Grupo de Apoio sobre Criminalidade Cibernética (GACC/MPF) – há ainda grupos especializados do MPF nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Além da ação no Rio, haverá 46 eventos em 39 cidades, como o SID 2019 HUB Brasil, que reunirá autoridades e especialistas, com a presença do MPF, em São Paulo (v. abaixo), e mais de uma dezena de ações promovidas por jovens embaixadores da Internet Segura (jovens capacitados em 16 estados em defesa da causa). No Rio Grande do Sul, haverá uma nova edição do projeto “Segurança digital: o MPF vai até você”, com caminhadas de conscientização pela tarde em municípios do litoral norte.

Em São Paulo, a mobilização pelo Dia da Internet Segura 2019 será sediada no auditório do ed. Bolsa de Imóveis (Av. das Nações Unidas, 11.541). A partir das 9h, haverá mesas e palestras sobre temas como desinformação, segurança digital, inteligência artificial e saúde emocional em tempos de conexão constante. O MPF estará representado pela coordenadora adjunta do GACC, Fernanda Domingos, na abertura do SID 2019 HUB Brasil. Mais informações: http://www.diadainternetsegura.org.br/


Cade arquiva processo contra o Google por práticas anticompetitivas no ecommerce

A acusação partiu da E-Commerce Media Group Informação e Tecnologia, dona dos sites Buscapé e Bondfaro. Segundo a empresa, o Google estaria “raspando” avaliações de produtos que clientes para exibi-las como conteúdo no Google Shopping.

Oi amplia vantagem contra TIM e NET no ranking da Netflix

No mês de maio, a Oi ficou à frente das rivais na banda larga por fibra óptica com velocidade média de 4,04 Mbps. A tele está na primeira posição  no ranking da OTT há quatro meses.

STJ: Provedor de internet tem obrigação de fornecer IP de usuário que invadiu e-mail

Relatora Ministra, Nancy Andrighi, sustentou que as prestadoras de serviços de Internet (operadoras inclusas) estão sujeitas ao artigo 1.194 do Código Civil de 2002. Segundo ela, os dados armazenados pelos provedores devem ser suficientes para a identificação do usuário.

Dona das Casas Bahia e Ponto frio lança banco digital no Brasil

Grupo Via Varejo anunciou parceria com startup norte-americana Airfox, com foco em clientes de baixa renda e uso das 800 lojas físicas como pontos de atendimento no país.

Sete em cada 10 brasileiros desconhecem ou conhecem muito pouco a Lei de Dados Pessoais

Pesquisa, feita pela Serasa Experian, mostra ainda que apenas 13% apontaram ter tido problemas com dados indevidamente expostos.

Revista Abranet 27 . abril/junho 2019
Veja a Revista Abranet nº 27 A Convenção Abranet 2019 debateu economia, política e gestão. Cerca de cem empresas de internet e de tecnologia puderam ter uma visão mais clara sobre o que esperar no curto prazo. E muito mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G