GOVERNO

Ex-CIO da Telefônica desponta como nova presidente da Dataprev

Convergência Digital* ... 05/02/2019 ... Convergência Digital

Informação do site Antagonista revela que a Dataprev terá uma executiva à frente do seu comando. Christiane Almeida Edington, ex-CIO da Telefônica Brasil, será a nova presidente da estatal federal de processamento de dados, que tem entre suas principais atribuições, a gestão dos dados da Previdência Social. De acordo ainda com a notícia do site Antagonista, Christiane Edington foi escolhida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

A nomeação ainda não é o oficial, uma vez que o nome da executiva não foi publicado no Diário Oficial da União, mas se confirmada será a primeira vez que a Dataprev será comandada por uma executiva de Tecnologia. Christiane Edington foi CIO da Telefônica Brasil por oito anos, até abril de 2016. Após a sua saída do grupo espanhol, a executiva pelo conselho de diferentes empresas, participando hoje em dia do board da Renner, Zup Inovation e Oesia.

A indicação de Christiane Edington pode ser considerado um sinal que há, sim, a volta do estudo de fusão entre Dataprev e Serpro. A especialista, no comando da TI, participou do trabalho de fusão da operadora com a Telemig Celular.  A Dataprev, fundada em 1974, é responsável pela gestão de tecnologia do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e tem três data centers, localizados em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro, mais cinco centros de desenvolvimento de software.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Privatização da Telebras e perda da soberania antagoniza deputados e Governo

Enquanto representantes do governo Bolsonaro afirmam que 'é cedo' para discutir o impacto real da possível venda da estatal, parlamentares da CCTI da Câmara, entre eles, o deputado Luis Miranda, do DEM/DF, criticam a decisão por interferir em dados sensíveis ao Estado.

Bolsonaro reduz impostos sobre jogos eletrônicos. Zona Franca reage

As alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre consoles e máquinas de jogos de vídeo, partes e acessórios que variavam de 20% a 50%, foram reduzidas para 16% a 40%.

PF prende quatro sob alegação de terem hackeado celular de Sergio Moro

Polícia Federal não quis dar maiores detalhes sob justificativa de preservar as investigações. Prisões ocorreram nas cidades de São Paulo, Araraquara e Ribeirão Preto. Operação foi batizada de Spoofing.

MP entra com pedido para TCU fiscalizar terceirizações no Governo Federal

Subprocurador-geral, Lucas Rocha Furtado, diz que as terceirizações são uma forma de driblar a obrigatoriedade de concurso público, previsto na Constituição. Também alega que as terceirizações estão sendo feitas para 'satisfação de interesses pessoais', mediante direcionamento na indicação de profissionais.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G