SEGURANÇA

Medo dos CIOs faz segurança da Informação ganhar o reforço da inteligência artificial no Brasil

Por Roberta Prescott* ... 06/02/2019 ... Convergência Digital

A segurança da Informação ganha o forte reforço da Inteligência Artificial, muito pelo medo dos CIOs de sofrerem ataques de ransomware, como pela necessidade de adequação à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, que entra em vigência em agosto de 2020. Dados da IDC Brasil, revelados em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira, 05/02, em São Paulo, reportam que os investimentos em IA e machine learning para segurança vão chegar a US$ 671 milhões, ou R$ 2.3 milhões, com o dólar a R$ 3.50 ao longo de 2019.

De acordo com a consultoria, os ataques de ransomware, com o WannaCry à frente, provocaram estragos bem próximos à realidade das grandes empresas.Isso impôs aos CIOs uma atenção redobrada à segurança da informação. Em 2019,  a tendência é o uso de soluções inteligentes e a adoção continuada de serviços gerenciados. Como exemplos, a IDC apontou soluções NextGen ganhando importância e a capacidade de inteligência artificial e aprendizado de máquina sendo percebidas como fundamentais para combater a complexidade e a diversidade de ataques.

"O tema de segurança ganhou uma relevância maior desde 2017 com WannyCry e foi importante ver que chegou à Berrini. Isto trouxe a sensação que não acontece só com o vizinho e que pode chegar à companhia a qualquer momento. E fez com que soluções mais modernas ganhassem relevância", destacou Luciano Ramos, gerente de pesquisa e consultoria de software e serviços da IDC, fazendo referência à região da capital paulista que concentra a sede de muitas empresas.

A IDC estima que o ritmo de adoção das soluções vai crescer duas vezes mais rápido que as soluções tradicionais. As empresas também contam, cada vez mais, com serviços gerenciados de segurança (MSS, na sigla em inglês), um segmento no qual os gastos com MSS ultrapassarão os US$ 548 milhões já neste ano. A IDC também aponta que haverá acirramento da competição entre os provedores puros - aqueles que fornecem apenas soluções de segurança - e as operadoras de telecomunicações.

Isso porque os dois maiores desafios da segurança da informação - capacidade técnica e dificuldade em reter talentos - determinam uma maior demanda por serviços gerenciados. E nessa área, as  operadoras têm avançado e subido na cadeia de valor, principalmente, por serem as responsáveis pela conectividade e conseguirem desviar o tráfego. 


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Custo médio de uma violação de dados é de R$ 5,4 milhões no Brasil

Empresas brasileiras levam em, média, 250 dias para identificar a violação dos dados. De acordo com o diretor de Cibersecurity da IBM, João Rocha, as organizações enfrentaram a perda ou o roubo de mais de 11,7 bilhões de registros nos últimos três anos. Ataques maliciosos custam mais do que as violações por falhas humanas.

Em maio, Brasil teve mais de 140 milhões de ameaças disseminadas por e-mail

País fica no top 3 do ranking mundial, perdendo apenas para os Estados Unidos e a China, revela estudo feito pela Trend Micro.

Duas em cada três empresas querem Inteligência Artificial para evitar ataques hackers

Quase 70% das corporações admitem que não serão capazes de responder aos ataques cibernéticos sem o uso da IA. O levantamento global da Capgemini revela ainda que uma em cada cinco empresas admitem o impacto dos hackers e um prejuízo significativo nos negócios.

Ransomware Sodin ataca vulnerabilidade desconhecida do Windows

Ransomware adota uma técnica chamada de 'Heaven's Gate', que permite um programa mal-intencionado executar código de 64 bits de um processo em execução de 32 bits, o que não é uma prática comum e mais incomum em ransomware, alerta a Kaspersky.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G