Home - Convergência Digital

Anatel terá app para comparação de preços, mas ele só fica pronto em 2020

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 07/02/2019

A Anatel aprovou nesta quinta-feira, 7/2, a criação de um grupo de trabalho para acompanhar, padronizar e atualizar o aplicativo móvel de comparação de preços de serviços de telecomunicações. Uma versão de testes desse app foi lançada no fim de julho de 2018, mas a agência calcula que serão necessários ainda 10 meses para a versão definitiva ser disponibilizada.

“A ideia é comparar ofertas de serviços ou combos, com o objetivo de empoderar o consumidor e garantir transparência”, afirmou o conselheiro Moisés Moreira, relator da criação do Grupo de Gestão do Aplicativo Anatel Comparador. Esse grupo será formado obrigatoriamente por representantes da própria agência e das principais teles móveis. Mas podem também participar, voluntariamente, pequenas prestadoras, entidades e órgãos de defesa dos consumidores indicados pelo Comitê de Usuários.

Além da interação constante com as empresas, o grupo deve definir aspectos técnicos, a própria interface do app e padronizar os dados que serão disponibilizados. O grupo também terá função de dirimir conflitos – mas caso não haja consenso, as superintendências de Competição, Relação com os Consumidores e de Gestão da Informação é que decidirão.

A proposta de um aplicativo que compare os preços das operadoras data, pelo menos, desde 2015. quando a agência conseguiu aprovar o projeto e garantir os recursos para viabilizá-lo. Curiosamente, a agência não conseguiu usar os fundos ligados à telecomunicação – o app foi financiado pelo Fundo de Direitos Difusos.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

23/04/2019
Bloqueio de celular pirata no Brasil vira recomendação mundial da UIT

23/04/2019
Telefonia fixa é bomba-relógio para o Estado, diz Anatel

18/04/2019
Brasil emplaca na UIT referência de arquitetura para Internet das coisas

17/04/2019
Transparência na oferta derrubou preço dos dutos, indica Anatel

16/04/2019
Para a Anatel, prêmio de acessibilidade inaugura regulação por incentivos

16/04/2019
Anatel: Muita falácia exige diálogo sobre revisão do marco legal de telecom

15/04/2019
TIM é primeira no ranking de acessibilidade de Anatel

15/04/2019
No Senado, Anatel apresenta agenda de projetos para telecom

12/04/2019
Uber diz ter 91 milhões de usuários no mundo

09/04/2019
Por 5G, Anatel quer triplicar a capacidade de espectro existente

Destaques
Destaques

Ecossistema de IoT movimentará R$ 38 bilhões

Projeção do mercado é que o segmento vai crescer acima de 20% ano contra ano até 2022. Dispositivos, em especial os smartphones, impulsionam o crescimento dos investimentos em TI ao longo de 2019.

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Smartphones colocam Inteligência Artificial na palma da mão

Por Samir Vani*

Tecnologias como reconhecimento facial, identificação de objetos e realidade aumentada já estão disponíveis na palma das nossas mãos, mas boa parte das pessoas não sabe ainda.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site