Home - Convergência Digital

Teles ativaram um 4G por segundo em 2018

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 15/02/2019

O Brasil ativou 27,5 milhões de novos chips 4G, alcançando um total de 130 milhões de celulares de quarta geração em operação no País. Isso significa que a cada segundo um novo celular 4G foi ativado no país em 2018. De janeiro a dezembro, segundo balanço da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), 606 novos municípios receberam as redes 4G, somando 4.429 municípios conectados, onde moram 95,4% da população brasileira.

A cobertura teve crescimento de 27% frente a 2017, e é quatro vezes superior à obrigação prevista nos leilões das licenças de serviços móveis, de 1.079 municípios. Já o 3G cresceu para 5.385 municípios, onde moram 99,5% da população brasileira.

No total, o Brasil já conta com 204 milhões de acessos à internet pela rede móvel. Considerados os acessos fixos e móveis, o Brasil fechou 2018 com um total de 235,4 milhões de acessos no País. Destes, 31 milhões são em banda larga fixa, segmento que cresceu 7,6% em 12 meses, com 2,2 milhões de novos acessos.

De acordo com a Telebrasil, os preços do Brasil estão entre os mais baratos do mundo, em quarto lugar na internet móvel pré-paga, segundo levantamento da Consultoria Teleco, atrás apenas da Indonésia, China e Índia. Esses preços poderiam ser ainda menores se o País não tivesse a maior carga tributária do mundo, conforme atestou a União Internacional de Telecomunicações (UIT).

No estudo Desafios da Nação 2, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) lembra que esse avanço da internet móvel se deu no Brasil "sem aportes de recursos públicos e nem transferência de recursos de setores da economia". O documento diz ainda que nas telecomunicações, "a prioridade absoluta" é reduzir as cargas regulatória e tributária.

"Essa atividade gera riqueza suficiente para autofinanciar sua universalização, com a qualidade desejada pelos consumidores, com sobra de valor adicionado para dotar de recursos orçamentários a União, os estados e os municípios, desde que o volume apropriado com tributos, somado àquele despendido no cumprimento de obrigações questionáveis, seja reduzido do patamar atual".

As telecomunicações e as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), especialmente o acesso à internet, melhoram a produtividade e a competitividade e são essenciais para o desenvolvimento sustentável do País. Para isso, precisam ser consideradas como prioridade nacional.

Estes e outros temas estarão nos debates do Painel Telebrasil 2019, que ocorrerá em Brasília, nos dias 21, 22 e 23 de maio de 2019. O Painel Telebrasil é o mais importante e tradicional encontro de lideranças do setor de TICs e em sua edição de 2019 se tornará também um importante espaço de negócios e apresentação de tecnologias e soluções.  http://paineltelebrasil.org.br/

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/03/2019
Velocidade de download 4G oscila em todas as teles no Brasil

13/03/2019
América Latina avança no uso de redes 4G com capacidades acima de 1 Gbps

11/03/2019
4G da Oi leva Internet e comunicação à estação brasileira da Antártica

20/02/2019
‘Horário nobre’ derruba velocidade da internet móvel pela metade no Brasil

15/02/2019
Teles ativaram um 4G por segundo em 2018

08/02/2019
Brasil termina 2018 com 4G em 56,6% dos celulares

04/02/2019
TIM amplia oferta de banda larga fixa por 4G em São Paulo

16/01/2019
TIM amplia 4G na faixa de 700 Mhz em São Paulo

16/01/2019
Latência alta é o calcanhar de aquiles do 4G no Brasil

14/01/2019
Cobertura 4G: Vivo e Claro aceleram para encostar na TIM

Destaques
Destaques

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

O ecossistema 5G está em ebulição e demandará muita mão de obra, afirma o diretor da Huawei, Carlos Roseiro. Segundo ele, vão surgir aplicações, muitas ainda inimagináveis, nos próximos seis anos. "O 5G começa hoje. A frequência virá para dar mais capacidade", observa o especialista.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site