TELECOM

Desconto do ICMS e dados móveis turbinam lucro recorde da Telefônica/Vivo

Luís Osvaldo Grossmann ... 20/02/2019 ... Convergência Digital

A Telefônica/Vivo divulgou nesta quarta-feira, 20/2, ter alcançado lucro recorde de R$ 8,9 bilhões. No resultado, pesou significativamente a decisão judicial que permitiu às empresas descontar o ICMS do valor a ser pago em PIS/Cofins. Mas a maior operadora do país também registrou forte crescimento nas receitas móveis, especialmente em dados.

“Queremos aproveitar oportunidades em serviços de alto valor. Chegamos a 55% dos acessos móveis com pós-pago e aumentamos a captura de clientes em 7%. O desempenho do FTTH nos surpreendeu. E se ainda perdemos receita na fixa, com quedas em voz e interconexão, é porque estamos transformando tudo em bundling e mantendo clientes”, afirmou o presidente da empresa, Christian Gebara, ao apresentar os resultados.

Ou seja, embora R$ 3,8 bilhões do resultado sejam de receitas não recorrentes, com destaque para o impacto já em 2018 da decisão judicial sobre ICMS no PIS/Cofins, o recado que a empresa procura passar é de que concentra bons resultados porque cresce o número de clientes usando serviços de alto valor, o que inclui a contínua migração para o 4G e, especialmente, para o que chama de 4,5G.

Com 31,2% do mercado móvel brasileiro, a Vivo tem 40% dos planos pós-pagos. E nessa linha de melhores receitas com serviços de alto valor, destaque para acordos com Globo, Netflix e Amazon em conteúdo audiovisual. O segmento é considerado estratégico. “Queremos ter um papel importante na arena dos vídeos OTTs”, afirmou Gebara.

A Receita Líquida Móvel apresentou aumento de 3,3% no ano, puxada pela expansão de 10,6% da Receita de Dados e Serviços Digitais, que já representa 78,9% de todo o faturamento com serviços móveis. Outro destaque é a maior receita de aparelhos, que cresceu 56,5% no ano, após expandir 70% no quarto trimestre, parte da “estratégia de ganhar participação em um mercado relevante e em expansão, atraindo consumidores de alto valor”. E concentra 31,3% dos aprelhos 4G no país.

A Vivo encerrou 2018 com 73,2 milhões de acessos móveis ativos. No mercado de Machine-to-Machine (M2M) a base de acessos segue em forte expansão e atingiu 8,2 milhões de clientes em dezembro de 2018, representando um crescimento de 29,9% quando comparado ao ano anterior. A Vivo segue como líder neste negócio, com 41,5% de market share em dezembro de 2018.

A Receita Líquida Fixa registrou queda de 3,8% no ano passado, influenciada pela queda das receitas de voz e pela redução da tarifa de interconexão. Segundo a Telefônica/Vivo, parte desta redução na receita foi compensada pela evolução na banda larga, que fechou 2018 com crescimento de 13,7%, influenciado pelas receitas em Ultra Banda Larga, que registrou evolução anual de 26,4%. As receitas exclusivamente de fibra cresceram 44% no último trimestre de 2018 em relação ao igual trimestre do ano anterior. O volume de acessos cresceu 46,8% no período, com 152 mil novas adições líquidas.


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

Rede da Oi registra tráfego de 4,27 terabytes na etapa mundial do circuito de surfe

O volume registrado equivale a 1.099.606 fotos de alta resolução, montante 20% maior que o número transmitido no ano passado, de 909.042 fotos (3,53 Terabytes).Evento aconteceu em Saquarema, no Rio de Janeiro.

Oi se posiciona como prestadora de serviços de TI

Tele estruturou serviços como segurança cibernética, big data e gestão integrada. "Entender as dores e as necessidades do cliente é uma obrigação", afirma Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing do Corporativo da Oi.

Embratel: transformação digital exige experimentar e errar

O cliente é e centro da jornada digital que a operadora faz há sete anos, conta o CEO, José Formoso.

"Estamos comprometidos com o futuro do Brasil", diz CEO da Telefónica

Em reunião geral dos acionistas, realizada em Madrid, o presidente do conselho e CEO da Telefónica José María Álvarez-Pallete, afirmou que o Brasil é um dos países que mais vai crescer no mundo com a revolução digital.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G