GOVERNO

Ex-VP de TI da Vivo assume comando da Dataprev

Luís Osvaldo Grossmann ... 01/03/2019 ... Convergência Digital

Indicada há um mês pelo ministro da Economia Paulo Guedes, assumiu formalmente na quinta, 28/2, a nova presidente da Dataprev, Christiane Almeida Edington, primeira mulher a liderar a estatal de tecnologia. A posse se deu durante a reunião do Conselho de Administração da empresa.

Formada e pós graduada em processamento de dados e engenharia de software, Christiane Edington ficou quase uma década à frente da tecnologia da Telefônica/Vivo. Baiana, passou pela Telebahia Celular antes de assumir como vice presidente de TI da Vivo, onde ficou até 2016.

Segundo a Dataprev, a nova presidente é membro do Conselho de Administração das Lojas Renner e participa também do Conselho Assessor da CIONET, rede mundial de líderes de TI. Integrou, ainda, o Conselho de Administração da LIQ, além de ter atuado como conselheira em várias empresas.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Brasscom: Prorrogação da desoneração da folha gera 335 mil novos postos de trabalho em TI

Entidade assume manifestação favorável à MP 936/20, que permite a prorrogação da desoneração da folha - que terminaria em dezembro deste ano até 2022.

MPF e Defensoria da Paraíba entram com ação pública contra União, Dataprev e Caixa

Ação públicas pede aos órgãos corrijam falhas sistêmicas de TI  na concessão do benefício ao cidadão.

Agência Espacial abre edital para lançamentos comerciais na base de Alcântara

AEB é responsável pelas tratativas iniciais com as empresas, nacionais ou estrangeiras, interessadas em utilizar a base brasileira para lançamento de veículos espaciais.

PL quer adiar venda do Serpro, Dataprev, Telebras e outras estatais

Proposta, que está em análise na Câmara dos Deputados, ressalta que o 'períodos de crise são um excelente momento para quem compra e péssimo para quem vende'. Privatizações estão agendadas para junho de 2021. Ideia é adiar as vendas para 12 meses após o fim da pandemia de Covid-19.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G