Home - Convergência Digital

TIM ativa rede NB-IoT com alcance de 100 Km em Goianésia, interior de Goiás

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 18/03/2019

A TIM comunica que encerrou os testes, em conjunto com a Ericsson, que confirmaram o funcionamento de sua rede NB-IoT (Narrow Band em IoT) em sua rede comercial 4G em Goianésia, interior de Goiás, para grandes distâncias. Durante o experimento, um dispositivo NB-IoT disponível comercialmente conseguiu enviar informações de sua localização e outros dados referente à sua conectividade para diferentes plataformas de Internet das Coisas (IoT) mesmo estando a 100km de distância e em diferentes direções da estação rádio base localizada na fazenda da Jalles Machado, parceira da operadora no projeto "4G TIM no Campo".

"A TIM foi pioneira na implantação da plataforma NB-IoT ao ativar a funcionalidade em Santa Rita do Sapucaí e se mantém como a única empresa do segmento a oferecer a tecnologia comercialmente no Brasil. Os testes que realizamos em Goianésia confirmam o acerto na escolha de adotar o NB-IoT como tecnologia de conectividade para Internet das Coisas da TIM e reforçam nosso compromisso em impulsionar o desenvolvimento tecnológico do país por meio da criação de soluções que terão impacto direto na vida de nossos clientes e parceiros", afirma Silmar Palmeira, Diretor de Inovação e Tecnologia da TIM Brasil.

O teste foi baseado na tecnologia LPWAN - rede sem fio de longa distância e baixo consumo de energia – em NB-IoT na banda 28 (700MHz) padronizados pelo 3GPP, validando a funcionalidade de cobertura estendida desenvolvida pela Ericsson, que aumenta os limites de 40km para 100km sem qualquer impacto nos dispositivos. Com ela é possível ler dados de um dispositivo e também comandar equipamentos que estejam a distâncias de até 100km da base, tecnologia essencial para a ativação de soluções de comunicação entre máquinas.

"O benefício desta funcionalidade não é somente técnica - entregando uma cobertura móvel nunca antes imaginada através de uma simples atualização de software - mas também comercial, permitindo que a TIM otimize o investimento em IoT para áreas mais distantes que possuem equipamentos Ericsson. Mais uma vez trabalhamos em parceria com a TIM para entregar inovações que garantem melhor acessibilidade e confiabilidade aos seus clientes nas mais diversas regiões, não somente nas cidades" diz Leandro Nobre, CTO da Ericsson para a TIM.

Além de Goianésia, o NB-IoT, já está disponível nas cidades de Itajubá, Santa Rita, Correntina, Cataguases, Campinas e Rio de Janeiro, lugares nos quais a TIM possui parcerias com empresas voltadas para o agronegócio ou instituições focadas no desenvolvimento de tecnologias para cidades inteligentes. Até 2020, a operadora espera ter mais de 4.000 municípios operando na faixa 700MHz e que podem ser contemplados com soluções de IoT, de acordo com as novas parcerias da operadora no país.

O objetivo da TIM com essas parcerias é ser facilitadora para a criação de soluções de Internet das Coisas, por meio da disponibilização da tecnologia para seus clientes corporativos (empresas públicas e privadas). As aplicações estão ligadas neste momento a soluções para o agronegócio; sensores de poluição de cidades; medidores para a energia, água e esgotos das cidades, entre outras iniciativas que tornam os sistemas mais eficientes.

A rede 4G da TIM vem sendo preparada como uma plataforma para todos os tipos de serviços, inicialmente com a banda larga móvel, passando pela internet fixa com a tecnologia WTTx (acesso fixo), além do VoLTE, serviço de voz sobre a rede de tecnologia de quarta geração, e para soluções de cidades e agricultura inteligentes por meio da plataforma NB-IoT.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

28/05/2020
TIM se conecta ao POP internacional da Sparkle em Salvador

19/05/2020
TIM permite o uso do auxílio emergencial para pagamento de faturas e recarga

06/05/2020
TIM negocia mais de 20 parcerias para expandir rede de fibra ótica

06/05/2020
TIM e Vivo já acessam dados sobre a Oi Móvel

06/05/2020
Pré-pago na TIM tem uma queda de R$ 50 milhões por conta da Covid-19

05/05/2020
Covid-19: TIM conecta dois Hospitais Municipais de Campanha na capital paulista

30/04/2020
Anatel aprova acordo de rede única entre Vivo e TIM

27/04/2020
TIM fecha pacote especial com a Estácio para aulas online na Internet

24/04/2020
TIM elege Google Cloud para big data, machine learning e inteligência de negócios

23/04/2020
CADE aprova compartilhamento de rede entre Vivo e TIM sem restrições

Destaques
Destaques

Leilão 5G: TIM e Claro defendem adiamento. Vivo adverte para momento incerto

TIM e Claro se posicionam claramente contra a realização do leilão ainda em 2020. A Vivo se mostra mais cautelosa, mas admite que está tudo muito nebuloso por conta da economia e da pandemia de Covid-19. Todas asseguram que o momento ainda é de muito investimento no 4G e no 4,5G.

Operadoras pedem que edital do 5G traga compromissos na nova tecnologia

Mas Anatel lembra que reduzir preço das frequências para exigir investimentos que o mercado já faria naturalmente não faz sentido na licitação. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Para além da guerra da saúde pública, não adiem o leilão do 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

O setor de telecomunicações tem suportado a sobrecarga derivada da pandemia de Covid-19. Mas, reforcem essas redes com tecnologia mais avançada para prover serviços de baixa latência. Dessa forma, não se postergue o leilão das redes ditas de quinta geração (5G) e atenção à segurança cibernética.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site