Home - Convergência Digital

Samsung usa a Coreia para mandar recado às rivais no 5G

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 11/04/2019

A Samsung Electronics Co.,Ltd. mandou um claro rival às rivais Ericsson, Nokia e Huawei: vai brigar por um lugar de destaque na infraestrutura 5G e está usando a Coreia como case de sucesso. A fabricante coreana forneceu soluções de 5G core e mais de 53 mil ERBs de rádio 5G para as três operadoras do país, que já estão transmitindo sinais 5G em Seul e áreas metropolitanas desde 1º de dezembro de 2018.

"A Coreia é um dos primeiros mercados no mundo em que a experiência 5G está se abrindo para os consumidores, e estamos entusiasmados por desempenhar um papel fundamental no lançamento nacional do 5G com nossas soluções de rede 5G incomparáveis", disse Paul Kyungwhoon Cheun , Vice-presidente executivo e chefe de negócios de redes na Samsung Electronics.

As operadoras coreanas lançaram suas redes comerciais 5G usando a estação rádio base 5G Massive-MIMO Unit (MMU) da Samsung no espectro de 3,5GHz. Uma característica fundamental das MMUs da Samsung implantadas na Coreia é que elas estão entre as menores e mais leves do setor, o que garante que elas possam ser facilmente instaladas nos locais de celular existentes das operadoras, exigindo alterações mínimas. Essa capacidade de reutilizar o local existente foi fundamental para permitir que as operadoras coreanas implantassem redes 5G compostas por dezenas de milhares de rádios, em apenas alguns meses desde o lançamento em 1º de dezembro.

As soluções de 5G core virtualizadas, fornecidas a todas as três operadoras coreanas para o lançamento comercial de seu 5G, suportam redes 4G herdadas e serviços de 5G de próxima geração no modo Non-Standalone (NSA). Elas também podem migrar para o modo Standalone (SA) por meio de uma simples atualização de software no futuro. A solução da Samsung implementa muitas das principais tecnologias de redes 5G, como Controle e Separação de Planos de Usuário (CUPS, sigla em inglês), que são essenciais para que as operadoras de rede aumentem suas redes e suportem os novos serviços habilitados pela tecnologia 5G.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/04/2019
Carros conectados: Comissão Europeia impõe derrota ao 5G e elege o Wi-fi como tecnologia padrão

17/04/2019
FCC barra China Mobile de atuar nos Estados Unidos

15/04/2019
EUA planejam fazer oferta inédita de espectro em novo leilão 5G

15/04/2019
Bélgica não vê motivo para não usar Huawei no 5G

11/04/2019
Samsung usa a Coreia para mandar recado às rivais no 5G

10/04/2019
Japão aloca faixas para 5G e teles preveem investir R$ 58 bilhões

09/04/2019
Por 5G, Anatel quer triplicar a capacidade de espectro existente

05/04/2019
UIT sai em defesa da Huawei e diz que entidade decide padrão 5G em outubro

04/04/2019
5G é o empurrão que falta para a realidade aumentada explodir no varejo

04/04/2019
Coreia do Sul sai na frente da China e dos EUA e lança 5G comercial

Destaques
Destaques

Ecossistema de IoT movimentará R$ 38 bilhões

Projeção do mercado é que o segmento vai crescer acima de 20% ano contra ano até 2022. Dispositivos, em especial os smartphones, impulsionam o crescimento dos investimentos em TI ao longo de 2019.

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Smartphones colocam Inteligência Artificial na palma da mão

Por Samir Vani*

Tecnologias como reconhecimento facial, identificação de objetos e realidade aumentada já estão disponíveis na palma das nossas mãos, mas boa parte das pessoas não sabe ainda.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site