SEGURANÇA

Segurança da Informação segue muito baixa nos órgãos do Governo

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 22/04/2019 ... Convergência Digital

O governo digital - que quer levar serviços para a Internet- vai aumentar de forma exponencial a base de dados nas mãos do Poder Executivo e isso exige uma adequação à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, mas há uma questão relevante: a grande maioria dos órgãos públicos ainda é bastante incipiente na parte da segurança da informação, admite o coordenador geral de contratações de TICs do ministério da Economia, Sílvio Lima.

Ao participar de mesa redonda sobre o impacto da segurança da informação nos negócios das empresas e nas instituições governamentais, realizada pelo portal Convergência Digital, em parceria com a Unisys e a Dell EMC, Silvio Lima, diz que, há uma contratação, ainda em curso, de segurança da informação onde a falta de maturidade impactou os processos.

"Tomamos a decisão de não contratar como serviço, mas adquirir a solução como um todo, que será usada por mais de 100 órgãos públicos. Não podemos ser hipócritas, ou tapar o sol com apeneira, há uma baixa maturidade de muitos órgãos da administração pública na segurança da informação e não sou eu quem diz, mas o Tribunal de Contas da União", salientou Lima.

A LGPD só exige que se eleve, o quanto antes, a maturidade dos órgãos públicos com a segurança da informação e essa maturidade só virá se houver investimento em capacitação das equipes. Lima lembra ainda que as grandes bases de dados do Governo estão nas mãos de empresas públicas, como Serpro e Dataprev, que têm um arsenal e políticas de segurança instituídas para a proteção dos dados. Assistam a participação do coordenador geral de contratações de TICs do ministério da Economia, Sílvio Lima.


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Reconhecimento facial protagoniza segurança na Copa América

Evento que é considerado o maior do futebol na América Latina terá um mega esquema de segurança e as atividades controladas a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, em Brasília.

Fraude na Internet: Um em cada cinco brasileiros já foi vítima de roubo de identidade

Pesquisa, produzida pela PSafe, projeta que 24,2 milhões de brasileiros foram potenciais vítimas de fraudes online em todo país. O telefone é o dado mais usado de forma fraudulenta, seeguido de credenciais de redes sociais.

Segurança cibernética é tecnológica, é política e é estratégica para um País

Segurança cibernética permeia todas as ações de proteção de uma empresa ou País, advertiu o diretor de relações governamentais e regulatórios da Huawei Brasil, Carlos Lauria.

Vulnerabilidade BlueKeep, no Windows, é tão perigosa quanto foi o Wanna Cry

rA recomendação urgente é a atualização dos sistemas operacionais Windows, em especial, os mais antigos como o Windows 2003, Windows Server 2008 e 2008 R2.
 



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G