INOVAÇÃO

Brasil pode ser um dos líderes em rastreabilidade se tiver política pública para IoT no campo

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 30/04/2019 ... Convergência Digital

Com o uso da agricultura digital é possível ampliar o crescimento da produção no campo em até 20%, sustenta o diretor substituto de Inovação para a Agropecuária do Ministério da Agricultura, João Neto. Segundo o executivo, hoje, a tecnologia ainda está presente de forma seletiva em algumas partes do País.

"Nosso desafio é levar a agricultura digital para todas as localidades produtivas", afirmou em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o Brasscom TecFórum, realizado nos dias 24 e 25 de abril, em Brasília. Para João Neto, é um equívoco a decisão do governo de taxar a Internet das Coisas. "Se for cobrada uma taxa alta pelo IoT, ela não vai acontecer no campo. A riqueza será uma consequência do uso da Internet das Coisas e não do próprio IoT", sustentou o diretor do Ministerio da Agricultura.

Sobre a rastreabilidade, João Neto, disse que o Brasil tem tudo para se tonar um dos líderes no mundo, desde que a tecnologia seja adotada associada ao uso da Internet das Coisas.  "O mundo quer comer mais em volume, mas também quer comer melhor, ciente da qualidade dos alimentos. O cidadão quer saber onde o alimento foi cultivado, qual foi o seu manejo", pontua. Assista a entrevista com João Neto, do Ministério da Agricultura.


Laura, a IA nacional que já salvou 12 mil vidas, entra no combate ao Coronavírus

Tecnologia será disseminada em todo o Brasil, depois de um acordo com o governo federal. Em setembro do ano passado, no Rio Info 2019, o Convergência Digital entrevistou um dos idealizadores da Laura.

Brasil precisa formar massa crítica de empreendedores para inovação

A posição é defendida pelo CEO da Fábrica de Startups, Hector Simões, que tem como meta se tornar o maior hub de inovação do Rio de Janeiro.

Investimentos em fintechs disparam para R$ 7,6 bilhões no Brasil

Aportes triplicaram puxados pela injeção de R$ 1,9 bilhão no Nubank e R$ 1,6 bilhão no Banco Inter.  Brasil ocupa o quinto lugar entre os maiores centros de captação de fundos de fintechs no mundo.

Governo seleciona entidades para compor GT de propriedade intelectual

Grupo Interministerial de Propriedade Intelectual, originalmente parte da Camex e agora sob tutela do Ministério da Economia, terá 10 representantes da sociedade civil. 

BC cria grupo de trabalho para implantar open banking até novembro

GT será formado por representantes do próprio BC, por associações de Internet como Abranet e Câmara-e.net, Febraban (grandes bancos); Abecs e Abipag (empresas de pagamentos); ABBC (bancos médios); OCB (cooperativas), ABCD e ABFintech (fintechs).



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G