GESTÃO

Corte de R$ 5 milhões com o Serpro deixa 300 agências da Receita Federal sem internet

Luís Osvaldo Grossmann ... 06/05/2019 ... Convergência Digital

A Receita Federal está orientando suas agências para o iminente corte nos links de internet contratados junto ao Serpro. Além de um processo de redução de parte delas a postos de atendimento, a justificativa é de que não há orçamento suficiente para cobrir todo o contrato com a estatal.

O objetivo é reduzir o custo mensal com esses links de R$ 9 milhões para R$ 4 milhões. Para isso, a Receita listou 301 agências, espalhadas por 23 estados,  a serem afetadas pelo corte, dentre as 482 cobertas pelo contrato. Em princípio, elas ficariam sem conexões a partir de 11/5. Mas o Serpro pediu mais tempo.

A orientação da Receita é para que as unidades afetadas substituam o Serpro por provedores privados em conexões de 10 Mbps, 20 Mbps ou 40 Mbps. Por serem contratações individuais a valores (espera-se) abaixo de R$ 500 por mês, estariam dispensadas de licitação.

Procuradas, Receita Federal e Serpro não responderam aos questionamentos sobre o impacto do corte e das soluções de contingência propostas. Informalmente, a informação é de que tratativas continuam por mudanças que reduzam os custos do contrato.

Entre as agências afetadas, a orientação preocupa pela estabilidade dos links e pelo fim do suporte incluído no contrato. A troca de fornecedor também exigiria o uso de redes privadas virtuais (VPNs) para acesso aos bancos de dados geridos pelo Serpro – embora essa seja uma solução que a própria estatal ofereça.

Por pressão das agências, o corte programado para a próxima semana foi adiado. Paralelamente, o Serpro pediu 60 dias para fornecer uma proposta alternativa de serviço. Ainda assim, a Receita segue adiante com a implementação da uma solução remota de suporte, além de manter a orientação à contratação de provedores locais – agora para daqui dois meses.


Omnichanel: bancos vivem a 'dor' da integração dos canais digitais aos físicos

A maneira de consumir serviços financeiros mudou radicalmente com as plataformas digitais e, hoje, a resolução das ocorrências e a empatia ganham prioridade no modelo de atendimento ao correntista, afirma o diretor Executivo da Embratel, Antonio João Filho.

Correntistas 100% digitais desafiam atendimento bancário

O chamado onboarding digital vai muito além da oferta de produtos e serviços. Pesquisa da Unisys mostra que apenas 9% dos entrevistados tiveram sucesso ao abrir uma conta 100% digital. Santander e Unibanco admitem complexidade e reforçam apoio à inovação.

Banco Votorantim transcreve 60 mil ligações para melhorar análise de informações

Meta é transcrever 120 mil ligações até o final do ano como objetivo de governança de dados para a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, revela André Mattos, líder de Engenharia de Dados da instituição financeira.

Congresso derruba veto que impedia readmissão de excluídos do Simples

As pequenas empresas excluídas do Simples Nacional por inadimplência poderão retornar ao programa se aderirem a um plano específico de regularização tributária.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G