NEGÓCIOS

TOTVS desiste de hardware e vende unidade da Bematech para a Elgin

Ana Paula Lobo* ... 13/05/2019 ... Convergência Digital

A TOTVS vendeu a sua unidade de hardware, criada a partir da aquisição da Bematech em 2015, por R$ 25 milhões, para a Elgin, fabricante brasileiro que tem um negócio de automação comercial.O anúncio foi feito na semana passada, antes de a empresa investir em uma joint-venture com a VTEX, também para o varejo O negócio ficou em menos de 10% do que a companhia investiu para adquirir a Bematech - R$ 550 milhões.

A parte de software da Bematech, que inclui programas voltados principalmente para o mercado de hotelaria e food service e o Bemacash, uma solução para pequenos varejistas, não foi incluída transação. O carro- chefe da Bematech são as impressoras de cupom fiscal, um negócio que anda para trás com a migração para a nota fiscal eletrônica. A Elgin, que faz de telefones até lâmpadas LED, passando para micro motores, pilhas e cabos, já tem impressoras fiscais no seu portfólio voltado a automação desde 1999.

Os negócios de software respondem, hoje, por quase 90% da receita da Totvs, tiveram uma margem EBITDA de 14,6% em 2018, na unidade de hardware a rentabilidade foi negativa em 3,9%. As baixas contábeis em hardware somam R$ 132 milhões. A brasileira líder de ERP nas médias e pequenas empresas fechou o primeiro trimestre do ano com uma receita líquida de R$ 563,5 milhões, o que representa um crescimento de 8,6% em relação ao mesmo período de 2018, sinalizando a volta para o ritmo do crescimento pré-crise econômica.

A aquisição da Bematech foi anunciada como essencial para a TOTVS em agosto de 2015, especialmente por conta do Varejo. Unidas, as empresas atenderiam a toda a cadeia do varejo e combinarão know-how em varejo físico e e-commerce, além dos seus portfólios de soluções especializadas nos mais diversos subsegmentos do varejo: food service, supermercados, atacarejos, vestuário e calçados, lojas e magazines, eletroeletrônico, material de construção, farmacêutico, hotelaria, concessionárias de veículos, transporte de passageiros, entre outros.


Cloud Computing
Augmented Analytics: a próxima onda na análise dos dados

Solução, de acordo com o Gartner, será responsável por mais uma disrupção no mercado de dados. A consultoria indica ainda que Inteligência Artificial (IA) explicável e inteligência contínua vão mudar o mercado nos próximos cinco anos.

TOTVS desiste de hardware e vende unidade da Bematech para a Elgin

Venda das impressoras de cupom fiscal, principal ativo da Bematech, ficou em R$ 25 milhões e foi feita para a Elgin. Em 2015, a TOTVS investiu R$ 550 milhões na companhia apostando nas vendas combinadas. Os ativos de software foram mantidos pela TOTVS.

SAP e Apple: privacidade dos dados é uma das questões mais importantes do século

"O telefone que você tem no agora no seu bolso tem mais dados sobre você do que em sua casa inteira — se alguém invadir a casa vai saber uma fração do que seu smartphone sabe", advertiu Tim Cook, presidente da Apple. SAP reconstruiu aplicativos móveis para integração total com os dispositivos da Apple.

Guinada digital faz bancos mudarem a maneira de comprar TICs

As instituições financeiras cada vez mais investem no modelo de serviços e no desenvolvimento de aplicações para os clientes, diz o diretor de Tecnologia da Febraban, Gustavo Fosse. Mobile banking vira canal preferido do correntista e chega a dois dígitos na movimentação financeira.

Bancos investiram R$ 19,6 bi em TI. Software e Serviços responderam por R$ 10,1 bi

Segmento financeiro segue sendo o maior comprador de TI no Brasil, ao lado do governo federal. Hoje, de cada 10 transações, com ou sem movimentação financeira, seis são feitas por meios digitais. nuvem, big data, analytics e IA são estrelas.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G