TELECOM

Leilão do 5G inclui quatro faixas e será o maior da história da Anatel

Luís Osvaldo Grossmann, Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 22/05/2019 ... Convergência Digital

Chegou ao conselho diretor da Anatel a proposta de edital para o leilão do 5G, que é esperado para acontecer no primeiro trimestre de 2020. E como destaca o presidente da agência, Leonardo de Morais, será de longe a maior licitação de espectro já realizada no país, fruto direto da revolução digital promovida pela nova geração tecnológica.

“O próximo edital de direito de uso de radiofrequência será o maior da história da agência e vai envolver as faixas de 700 MHz, 2,3 GHz, 2,5 GHz e 26 GHz. Espero que esse edital seja sorteado já na próxima semana para um dos conselheiros e então seja encaminhado para consulta pública. A importância desses ativos de espectro é que quanto maior a disponibilidade, menor será o custo de levar essa capacidade”, afirmou Morais ao abrir o segundo dia de debates do Painel Telebrasil 2019 nesta quarta, 22/5.

Como explicou , o desenho proposto tem os 10+10 MHz que ainda sobram na faixa de 700 MHz, fatia que vai manter a regra de limite de espectro para “evitar concentração na faixa”. Mas também está previsto que se não houver vencedor na primeira rodada, na seguinte será aberta a possibilidade de empresas que já detém nacos desta radiofrequência – ou seja, as vencedoras do leilão de 2014 – em lotes de 5+5 MHz.

Na faixa de 2,3 GHz, a minuta elaborada pela área técnica que será valiada pelos conselheiros prevê a oferta de 90 MHz, com a reserva de outros 10 MHz para o serviço limitado privado. A ideia é oferecer um lote nacional de 50 MHz e lotes regionais – quase estaduais –  de 40 MHz.

Na faixa de 3,5 GHz, haverá oferta de 300 MHz tem três blocos de 80 MHz e um quarto de 60 MHz. Caso não seja tudo comprado na primeira rodada, uma segunda vai dividir o bloco de 60 MHz em três de 20 MHz, permitindo que cada eventual vencedora concentre até 100 MHz.

E finalmente, na faixa de 26 GHz, são 3.200 MHz divididos em oito blocos de 800 MHz. Caso não sejam todos adquiridos na primeira rodada de lances, o que sobrar será dividido em lotes menores, de 200 MHz. Nesse caso, haverá um cap, o limite por empresa, de 1 GHz.

A dimensão dessa oferta de espectro, lembra o presidente da Anatel, está diretamente relacionada ao impacto esperado da nova onda tecnológica. “Falamos muito do 5G como tecnologia, mas antes de mais nada será uma ferramenta de transformação social como foi a energia elétrica. Se o 4g mudou a vida das pessoas, o 5G vai remodelar a sociedade, como interagimos e produzimos, e significara um redesenho da cadeia de valor da indústria.”


Internet Móvel 3G 4G
Vendas por smartphones aumentam o faturamento do e-commerce em 36%

O volume de pedidos por dispositivos móveis cresceu 42% nos primeiros seis meses do ano, revela estudo da Ebit/Nielsen. O faturamento do comércio eletrônico chegou a R$ 26,4 bilhões, um crescimento de 12%.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Anatel aperta o cerco aos equipamentos piratas de TV por Assinatura

Agência reguladora alerta que os aparelhos sem homologação aumentam o risco de vazamento de materiais tóxicos, choques elétricos e até explosões. No ano passado, mais de 200 mil foram lacrados. 

Vivo coloca IA Aura para atender clientes pelo WhatsApp

Pelo número 11-99915-1515, é possível esclarecer dúvidas sobre planos e promoções, verificar consumo de dados, fazer recargas com bônus e receber 2ª via de conta, entre outras funcionalidades.

Silêncio positivo para antenas passa na MP da Liberdade Econômica, mas não como o mercado esperava

Serão os órgãos públicos- os responsáveis pela burocracia excessiva e que restringem a liberação da implantação - os responsáveis por determinar um prazo máximo de resposta. MP da Liberdade Econômica também mexeu em pontos da Lei trabalhista.

Unifique compra provedor Internet em Santa Catarina

Aquisição faz parte da estratégia da Telecom catarinense de ampliar sua área de expansão e conquistar 1 milhão de residências até 2025. Unifique, hoje, atende a 116 municípios do Estado de Santa Catarina.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G