GESTÃO

Banco Votorantim transcreve 60 mil ligações para melhorar análise de informações

Por Roberta Prescott ... 11/06/2019 ... Convergência Digital

Como parte da jornada para a transformação digital, o Banco Votorantim levou a cabo a transcrição de todos os áudios que passam pelo banco. O projeto, intitulado "Speech to text", começou em 2017 com a transcrição de 6 mil ligações. Neste ano, o banco chegou a 60 mil ligações, e a meta é transcrever 120 mil até o fim do ano. Com isto, o banco consegue analisar e monitorar as informações contidas em todas as ligações de call center.

O principal objetivo foi melhorar o atendimento ao cliente, explicou André Mattos, líder de Engenharia de Dados do Banco Votorantim, durante apresentação do caso no CIAB, congresso de tecnologia da informação para instituições financeiras que ocorre de 11 a 13 de junho, em São Paulo.

"Começamos pequeno; fomos vendo se aquilo fazia sentido, fomos validando e, rapidamente, conseguimos escalar de 6 mil para 60 mil ligações e aumentamos o provisionamento", disse. Toda capacidade de processamento é na nuvem e, quando acaba a transcrição, a máquina é desligada. "Temos governança para armazenar os dados e estamos em compliance com a LGPD", assegurou.

Mattos explicou que o Banco Votorantim também tinha a necessidade de lidar com ambientes diversos de dados que fossem configuráveis. "Existem tipos diversos de dados; e os dados estruturados representam apenas 20% dos dados que trafegam nas organizações. O restante, 80%, é voz, documentos diversos espalhados dentro da corporação. Como tratar os dados de forma mais efetiva? Vou ter de ter datacenter para guardar tudo?", questionou.

O executivo do Votorantim ressaltou que a transformação digital passa por ter um ambiente de dados configurável. "Meu princípio é cloud first, mas não é todo workload que faz sentido estar em cloud. Tem de ter ambiente configurável", disse. A decisão sobre o que vai e não vai para armazenamento em nuvem leva em consideração os custos envolvidos, o time-to-market e os requisitos de segurança da informação e segurança de dados.
 


Fóton: solução web transforma ATM tradicional em tótens de atendimento

“Além da flexibilidade em experiência, customização e interação com periféricos, software corta custos”, afirma o gerente de Projetos da Fóton, Thiago Farias. Um dos primeiros usuários da solução é o Banco da Amazônia.

Transformação ágil é condição de sobrevivência para empresas

“Não tem como, hoje, não se preocupar se o operacional, se o modelo de trabalho está realmente sendo enxuto e extremamente eficiente”, afirma o diretor de Cultura e Transformação Ágil da BRQ, Thyago Rebelato.

Omnichanel: bancos vivem a 'dor' da integração dos canais digitais aos físicos

A maneira de consumir serviços financeiros mudou radicalmente com as plataformas digitais e, hoje, a resolução das ocorrências e a empatia ganham prioridade no modelo de atendimento ao correntista, afirma o diretor Executivo da Embratel, Antonio João Filho.

Correntistas 100% digitais desafiam atendimento bancário

O chamado onboarding digital vai muito além da oferta de produtos e serviços. Pesquisa da Unisys mostra que apenas 9% dos entrevistados tiveram sucesso ao abrir uma conta 100% digital. Santander e Unibanco admitem complexidade e reforçam apoio à inovação.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G