GESTÃO

Transformação ágil é condição de sobrevivência para empresas

Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 24/06/2019 ... Convergência Digital

Os pilares da transformação digital, com foco nos clientes, reinvenção do negócio e eficiência, exigem que as empresas financeiras e de modo geral todo o mundo corporativo saiam da zona de conforto e adotem novos modelos mentais, especialmente para aquilo que é chamado de transformação ágil.

“A transformação digital tem três grandes pilares: a melhor experiência para o cliente, porque é muito rápido ir para outro banco, um clique; um olhar para novos negócios, como ‘disruptar’ seu modelo; e a eficiência operacional. E aí tem todo um arcabouço de metodologias ágeis para acelerar, otimizar e tornar a empresa mais enxuta”, destaca o diretor de Cultura e Transformação Ágil da BRQ, Thyago Rebelato.

“É o investimento das grandes empresas, todas falam e aplicam na prática a transformação ágil. Não tem como, hoje, não se preocupar se o operacional, se o modelo de trabalho está realmente sendo enxuto e extremamente eficiente, porque no fim das contas é custo na veia. E não só área financeira, mas saúde, e-commerce, e claro que a área financeira está investindo muito.” Assistam à entrevista.


Plataforma consumidor.gov.br atinge a marca de 2 milhões de registros

No ano passado, o índice médio de solução de conflito foi de 81%.  Projeto completa cinco anos e envolve a Secretarian Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça e o Tribunal de Justiça de São Paulo.

Projeto de Lei quer enquadrar apps como 99 e Uber no Código do Consumidor

Hoje, diz o autor do PL, deputado Sérgio Vidigal (PDT/ES), o atendimento desses aplicativos é insatisfatório e viola as normas existentes de defesa do consumidor. Uma das medidas impostas é a obrigação de ter um SAC por telefone, funcionando 24 horas.

INPI promete reduzir prazo para registro de chips de 70 para 7 dias

Sistema batizado ‘e-Chip’ permitirá a solicitação online no caso de topografias de circuitos integrados. Plano de digitalização dos serviços também prevê que o Instituto vai aceitar pagamento por cartão, no lugar da GRU. 

Governo de São Paulo oficializa programa SP Sem Papel

Primeira etapa do projeto será implantada neste mês nas Secretaria de Governo, Casa Civil, Fazenda e Planejamento, Educação, Saúde, Desenvolvimento Regional e na Prodesp. Iniciativa será finalizada em 2020, com a adesão da administração indireta. Servidores serão treinados por EAD.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G