TELECOM

Com Smart, Algar Telecom fica com 1.100 Km de rede própria em Pernambuco

Convergência Digital ... 10/07/2019 ... Convergência Digital

Como parte de sua estratégia de crescimento na região Nordeste, a Algar Telecom, empresa do grupo Algar que atua no setor de TI e Telecom, concluiu a compra total da Smart Telecomunicações e Serviços LTDA, com sede em Recife. Com a aquisição desta rede – 700 km na Grande Recife e 300 km em direção ao interior – e a incorporação de um amplo portfólio de clientes corporativos, a transação representa mais um passo no fortalecimento da expansão da companhia no B2B, segmento que representa mais da metade dos negócios da Algar Telecom em todo o país.

Com mais de 65 anos de atuação no setor de telecomunicações, a Algar Telecom iniciou a expansão para o Nordeste em janeiro de 2018, após a ativação do cabo submarino Monet, que conecta o Brasil (Praia Grande e Fortaleza) com os EUA. Paralelamente a isso, a organização investiu ainda em uma rede terrestre para garantir maior qualidade nos serviços oferecidos aos clientes da região.

“A aquisição da Smart Telecomunicações é extremamente estratégica para consolidar a nossa expansão para o Nordeste, ampliando a nossa presença em Pernambuco. Passamos de 100 km para 1.100 km de rede própria nesse estado, o que nos permite atender de forma ampla todo o mercado empresarial da cidade de Recife e região metropolitana, englobando Paulista, Jaboatão dos Guararapes e Olinda, e parte do interior, até Caruaru”, conta Osvaldo Carrijo, vice-presidente de negócios da Algar Telecom.

Na região, além de Recife, a Algar Telecom possui operações nos estados Ceará, Bahia, Rio Grande do Norte, Paraíba, Sergipe e Alagoas. Todas essas localidades contam com todo o portfólio da Algar Telecom em TIC – que abrange soluções de voz, dados e TI. A partir de agora, os clientes atuais da Smart também terão acesso a uma maior gama de serviços, já que o portfólio anterior da empresa era focado somente em dados. Com a aquisição, os serviços serão expandidos para telecomunicações em geral e TI.

Além do valor da Smart, a empresa tem uma previsão de investir cerca de R$ 78 milhões na expansão na região em cinco anos. “O objetivo agora é consolidar os investimentos já realizados na expansão no Nordeste, conquistando presença em todas as capitais, e ao longo do tempo expandir a atuação para mais cidades do interior”, ressalta o executivo.

Para suportar sua expansão, a Algar Telecom investe na modernização da rede e na ampliação da oferta de fibra óptica. Em 2018, foram construídos cerca de 11,1 mil km de redes – no total, são cerca de 61 mil km. Os investimentos no 1º trimestre de 2019 totalizaram R$ 202 milhões, 72,9% acima do mesmo período de 2018. O maior volume de investimentos foi direcionado ao projeto Algar Fibra, que garante a conexão via fibra óptica. A tecnologia substitui os cabos de cobre e proporciona o acesso à internet com velocidades mais altas. “Esses investimentos têm possibilitado à Algar Telecom seguir com sua estratégia de crescimento e ampliação geográfica, levando aos clientes serviços com melhor qualidade”, conclui Carrijo.

 


Veja edição 12 da Revista Abranet - Assossiação Brasileira de Internet REVISTA ABRANET . 12
Especial 20 Anos de Internet no Brasil


Há 20 anos os provedores de Internet escrevem suas histórias no País. A trajetória não foi nada fácil. Houve decisões políticas e econômicas significativas. Infraestrutura, modelo de negócios e fidelização de clientes foram relevantes no passado e continuam sendo no presente. Ao longo de duas décadas, os ISPs tiveram de se reinventar diversas vezes para não deixar de existir.

Clique aqui para ver outras edições

Começa a valer cadastro que bloqueia telemarketing das teles

A partir deste 16/7, será possível inscrever números no cadastro ‘Não Me Perturbe’. Promessa da Anatel é que em 30 dias os inscritos não receberão mais chamadas promocionais das operadoras de telecom.

Imposto zero para IoT está na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara

Deputado Federal, Paulo Ganime (Novo/RJ), diz que o projeto de Lei 7656/2017, corrige uma distorção - a cobrança de FISTEL para os dispositivos IoT.

Governo autoriza aumento de capital da Telebras de R$ 1,17 bilhão

Montante é reflexo dos aportes autorizados em 2015, 2016, 2017 e 2018, quando a estatal estava ainda em acerto financeiro do satélite geoestacionário de defesa e comunicações. 

Comissão aprova prazo de seis meses para instalação de bloqueador de celular em presídios

Relator do projeto retirou o dispositivo que condicionava as novas outorgas de telecomunicação à instalação, ao custeio e à manutenção dos bloqueadores pelas prestadoras.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G