Convergência Digital - Home

Orçamento e liminar travam planos do Governo para uso da nuvem

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann - 17/07/2019

Os cortes no orçamento afetaram os planos do uso de uma nuvem pública centralizada do governo federal. Sete meses depois do pregão vencido pela Primesys, da Embratel,  quatro dos 12 órgãos federais que participaram da seleção aderiram efetivamente à ata de registro de preços. 

A falta de recursos para concretizar a contratação atingiu até o gestor da ata, a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia. Além disso, uma liminar judicial paralisou novas adesões por um mês e meio. Como resultado, a cinco meses de expirar a ata, apenas ENAP, CADE, IFPI e IPHAN efetivaram a contratação. 

“Em que pese a orientação para que os órgãos federais adotem preferencialmente a nuvem, a adesão não é obrigatória. E existe uma questão sensível, que é o orçamento. Não estamos conseguindo contratar por falta de orçamento”, explica a diretora substituta do departamento de operações compartilhadas da Secretaria de Governo Digital, Eleidimar Silva. 

A ata de registro de preços, veículo de adesão à nuvem pública do governo federal, começou a vigência de um ano em 21 de dezembro de 2018. Seis meses depois, no início de junho, uma liminar suspendeu novas adesões à pedido da empresa que ficou em segundo lugar na licitação. 

Essa liminar caiu na terça, 16/7. Significa que os órgãos podem voltar a contratar com base na ata, mas a expectativa é de que esse movimento só se concretize mesmo mais para o fim do ano, perto do fim da validade e no último trimestre, quando é de praxe algum nível de liberação orçamentária no governo federal. 

Além dos órgãos iniciais, a ata também está aberta a adesão de terceiros e já existem dois interessados. Um é a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, que já recebeu autorização da SGD para aderir, mas cujo processo só poderá ser retomado agora que aquela liminar caiu. Outro é a Universidade Tecnológica Federal do Paraná, ainda em início de tratativas. 


Trabalha com dados? Você precisa saber o que é o Lifelong Learning

Buscar o constante aprendizado é uma ferramenta essencial para qualquer profissional. Isso vale ainda mais para quem trabalha em uma área dinâmica e que requer pensamento holístico como o profissional de dados.

Destaques
Destaques

Eneva investe R$ 3 milhões para unir gás à energia com a IA ALINE

Software, que utiliza algoritmos de machine learning, foi desenvolvido em parceria com o Instituto Tecgraf da PUC/Rio e está sendo testado no Maranhão. Próxima etapa é um projeto de pesquisa com foco na integração da produção do gás onshore com a geração de energia, o que significa usar IA em um projeto 100% conectado.

Armazenamento por serviço: um mercado em alta com privacidade de dados

IDC prevê que, em 2023, o mundo terá 11,7 ZB de dados armazenados, em comparação aos 5,0 ZB, apurados em 2018.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O que é o balanceamento de carga de alta disponibilidade?

Por Ivan Marzariolli *

A alta disponibilidade começa com a identificação e eliminação de pontos únicos de falha em sua infraestrutura que podem desencadear uma interrupção do serviço - por exemplo, implantando componentes redundantes para fornecer tolerância a falhas no caso de um dos dispositivos estiver com problemas.

Dados em tempo real fazem toda a diferença no e-commerce

Por Leandro Rodriguez*

O tempo se tornou o fator crítico no relacionamento entre vendedor e comprador. Levar informações em tempo real a uma filial local ou a gerentes de loja pode ser determinante para a aquisição de clientes e, consequentemente, aumentar as vendas.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site