Convergência Digital - Home

Tecnologia nacional usa a nuvem para monitorar enchentes

Convergência Digital
Convergência Digital* - 06/09/2019

Pesquisadores do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, desenvolveram uma tecnologia nacional capaz de coletar dados e detectar se está ocorrendo o transbordamento de um rio. O sistema já foi testado e adotado pela Defesa Civil de Santa Catarina, na cidade de Rio do Sul, e agora o foco é desenvolver formas de prever enchentes e expandir o uso dos sensores no Brasil. Para isso, os estudos vêm testando a eficácia da mineração de dados online e de técnicas de inteligência artificial. Também há o monitoramento por meio das redes sociais.

Tecnologias capazes de detectar enchentes já são usadas em países como a Inglaterra, onde o transbordamento de rios é sazonal. Pensando em como esses fenômenos são comuns no Brasil, o pesquisador Jó Ueyama, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, desenvolveu sensores capazes de detectar enchentes, aferindo grandezas como a altura da água e a pressão.

A implementação desse sistema, chamado de e-NOE, coleta dados por meio de sensores do tamanho de uma caixa de fósfero que coletam os dados, transmitidos por uma rede sem fio e em tempo real para os servidores em nuvem. "Isso significa que há dados em tempo real para serem avaliados", revela Ueyama. Em Rio do Sul, em Santa Catarina, o piloto foi necessário porque a cidade fica abaixo do nível do mar e sofre de forma constante com as enchentes. O sistema permitiu prever o melhor momento para comunicar aos moradores do perigo das enchentes.  O e-NOE também foi testado em São Carlos e em Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo.

A partir disso, esses sensores foram ganhando novas funções, como a de detectar o nível de poluição dos rios. Mais recentemente, o foco dos pesquisadores Thiago Costa e Gustavo Furquim, que continuam esses estudos, é a previsão, já que “ao invés de dizer que ocorreu uma enchente em algum lugar, é melhor você ser uma espécie de guru para dizer ‘olha, ali daqui a cinco minutos vai encher’. Isso é mais valioso porque é possível evacuar as regiões afetadas e evitar tantas perdas materiais”, segundo o pesquisador. Intenção, agora, é ver o sistema e-NOE ganhar vez em mais Estados do País.

Fonte: Jornal da USP


Destaques
Destaques

Menos de 20% das empresas migraram cargas de trabalho para a nuvem na América Latina

A transformação digital passa pela nuvem, mas ainda há muito espaço para colocar as cargas de trabalho no ambiente cloud, pontuou David Farrell, da IBM. Empresa anunciou a criação, em 2020, de uma multizone region latino-americana, a sétima do tipo da IBM no mundo.

Uma empresa utiliza, em média, 1295 serviços na nuvem

Relatório Netskope Cloud Report aponta que as três principais violações de política detectadas em serviços de nuvem corporativa incluem Prevenção a Perda de Dados (DLP), política de atividade na nuvem e, violações de atividade atípica.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site