Home - Convergência Digital

Lacunas de infraestrutura no caminho do 5G no Brasil

Luís Osvaldo Grossmann - 06/11/2019

O começo da implementação do 5G pelo mundo, com pelo menos 27 países já com redes comerciais ativas, dá pistas de como a nova tecnologia impactou os modelos de negócios. Mas a aplicação prática dessas novidades por aqui, segundo destacou a Anatel, exige atrelar a oferta de espectro à investimentos que enderecem as lacunas de infraestrutura. A agência participou do Workshop 5G, organizado pela Network Eventos, nesta terça-feira, 05/11, em Brasília.

“O modelo busca garantir acesso a espectro para diversos players, tanto atuais como novos. E o edital prevê que para ter 5G eficiente existe a necessidade de tampar os gaps de infraestrutura que existem no país. Precisa de rede de acesso fibrada nas cidades, backbone para escoar esse tráfego, além de chegar a localidades ainda não atendidas”, ressaltou o superintendente de Outorgas e Recursos à Prestação da Anatel, Vinícius Caram. 

Se o formato atual da minuta de edital do 5G, conforme apresentado pelo relator ainda depende de maior discussão no órgão regulador, a experiência do mercado nos países onde a nova tecnologia já começou a ser implementada indica por onde deve começar a oferta também no Brasil. 

“Um dos principais casos de uso é a ultra banda larga, que é aumentar o throughput das redes móveis, com alta capacidade e baixa latência. Isso garante uma melhor experiência de uso para o consumidor tradicional de smartphones, conseguindo velocidades próximas a 1Gbps”, explica Caram. 

“Outro modelo de negócio é usar a rede de acesso como enlace para os domicílios, no que se chama de FWA [fixed wireless access], que permite substituir a rede cabeada por uma rede sem fio, 5G, onde teria um dispositivo na casa do usuário que faz a conversão da rede 5G nas ondas milimétricas de 26 Ghz para dispositivos que tem conectividade WiFi.”

“E ainda a aplicação de narrowband IoT e massive machine, que é uma aplicação real para as indústrias e já existe em outros países, além da internet das coisas. Inicialmente essas aplicações já são realidades e podem ser aplicadas. No futuro a gente espera ampliar capacidades para realidade virtual, segurança, educação e outras verticais.”

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/09/2020
Telcomp vai ao STF contra leis que impedem antenas a 50 metros de residências em São Paulo

16/09/2020
Vale vai investir em laboratório 5G

15/09/2020
5G vai atrasar se teles tiverem que pagar limpeza da Banda C

10/09/2020
Minicom: Governo Bolsonaro não vai intervir na venda dos ativos da Oi

10/09/2020
5G avança sobre espectro não licenciado

10/09/2020
Brasil: No 5G, não feche as portas à China e aos EUA

08/09/2020
Qualcomm: 5G vai mudar o uso da computação em nuvem

08/09/2020
5G precisa garantir segurança jurídica aos investimentos, diz Minicom

08/09/2020
Brasil não pode perder bonde da história com 5G, diz Hamilton Mourão

02/09/2020
Open RAN cresce a taxas de dois dígitos e vai chegar a US$ 5 bilhões em 2024

Destaques
Destaques

Claro: Sem antenas, São Paulo fica fora do 5G

CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, criticou a miopia de executivos que ainda insistem em colocar restrições à implantação de antenas, como acontece na cidade de São Paulo. "5G é a grande plataforma para permitir um salto econômico mais vigoroso", advertiu.

Covid-19 não é desculpa e Brasil perde dinheiro e status ao atrasar o 5G

O mundo não vai esperar o Brasil resolver seus problemas e o 5G está acontecendo, advertiu o consultor sênior da Omdia, Ari Lopes. Governo terá de decidir se busca investimentos de longo prazo ou de curto prazo. Omdia prevê um impacto de US$ 1,1 trilhão no Brasil de 2021 a 2025.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site