Home - Convergência Digital

Criar reserva de mercado não é a saída para o profissional de TI

Assespro Nacional, Softex, ABES, Fenainfo e TI Rio afirmam que a medida, se aprovada, pode vir a ser uma 'camisa de força' para o setor. Representantes das entidades advertem que fechar as portas para outros especialistas será um equívoco.

Momento de fortalecer as políticas públicas para TI


Entidades setoriais de TI - Assespro Nacional, Brasscom, Fenainfo , Softex e TI Rio - apregoam uma mudança no eixo da economia do Brasil e sustentam que a era do conhecimento exige colocar TICs como prioridade nacional.

Vai custar caro deixar o eSocial para a última hora

A advertência é feita pelo presidente do SESCON Rio de Janeiro, Lúcio Fernandes. "Não deixem para fazer os acertos na última hora".

Carioca Digital quer acabar com a peregrinação às repartições públicas

Dados do IPLANRio dão conta que 45% dos alvarás requeridos estão sendo concedidos num prazo de até 30 minutos. Ideia é ter mais de 300 mil cariocas cadastrados até o final do ano.

Games: mercado de US$ 3 bilhões e em franca expansão no Brasil

Especialistas da área falam das principais tendências tecnológicas, os mercados que estão crescendo e afirmam: fazer game é um negócio e exige dedicação.

Rio de Janeiro retoma lugar de polo de negócios em TI

A 14ª edição do Rio Info 2016, apesar do ano complexo, tem uma estimativa de geração de negócios de R$ 4,6 milhões, com a participação de mais de 70 empresas do Brasil e delegações estrangeiras.

Monitoração em tempo real é o negócio da Internet das Coisas

Para o líder em Internet das Coisas da Dell, Fernando Cesar, a IoT ainda é pouco compreendida pelas empresas brasileiras.

LNCC cria plataforma de big data e se aproxima das empresas

Análise de dados e Internet das Coisas são a onda do desenvolvimento, sustenta o professor do LNCC, Fabio Porto.

Sem financiamento, empresas de TI perdem competitividade

Os investimentos em Inovação ainda estão muito abaixo do mercado internacional,, sustenta Carlos Leitão, da Softex. ele vai além ao falar das startups: Não adianta replicar o modelo do Vale do Silício. O Brasil precisa ter o seu próprio.

Pós-Jogos, Rio negocia com Embratel e Cisco megarede de Telecom

Ideia é integrar a rede própria de 460 Km da prefeitura com a rede da Embratel construída para o evento. "Queremos também incluir o Wi-Fi da Cisco ", antecipa o secretário de C&TI, Franklin Coelho.

Flamengo usa big data para cuidar da performance do time de futebol

Futebol é paixão e o atleta precisa ser cuidado para dar o máximo em campo, afirma o fisiologista do clube, Alex Souto Maior.

GE troca parque de imagens do Hospital Souza Aguiar como legado do Rio 2016

Companhia também renovou a iluminação pública da ciclovia do Aterro do Flamengo com uso do LED, revela o líder comercial da GE, Alfredo Melo.

Profissão TI: Diploma do ensino a distância vale tanto quanto do presencial

Metade dos alunos da Universidade Estácio de Sá prefere o curso a distância e o mais procurado é o de gestão de TI, revela a professora Simone Markenson.

Brasil precisa olhar seus problemas para avançar em Internet das Coisas

A opinião é do líder da área de Software & Analytics do Centro de Pesquisas Global da GE no
Brasil. , Marcelo Blois Ribeiro. Qualificação dos profissionais brasileiros na área de pesquisa foi crucial para se ter um centro global no Rio de Janeiro.

Telebras conduz teste de IoT para iluminação pública em Brasília

São 866 postes com iluminação controlada por sensores de Internet das Coisas, além do controle de lixeiras, revela o gerente de Inovação da estatal, Antonio Zanoni.

Além de Cisco e Embratel, Rio negociará com a Receita legado de TI da Rio 2016

Objetivo é transformar a isenção fiscal temporária em permanente, conta Fábio Pimentel, diretor do IPLANRio.

Brasil apresenta números irreais com relação aos ataques cibernéticos

A posição é defendida pelo especialista em Segurança da Informação, Guilherme Neves. O especialista também manda um recado: a Segurança não pode ficar na mão do profissional de TI. Ela deve vir para os profissionais capacitados da área.

BNDES e MCTIC definem cronograma do plano nacional para Internet das Coisas

Até o final de julho, será conhecida a consultoria que vai montar o plano para IoT, com validade de 2017 a 2022.

Congresso vai debater projeto de terceirização específico para TI

Iniciativa é da deputada federal Geovania de Sá, do PSDB/SC. Segundo ela, os projetos que discutem a terceirização no Congresso Naciional não deram a atenção necessária às demandas do setor de TI.

"Sigo contrário à fusão do Minicom com o MCTI", diz Celso Pansera

O ex-ministro do MCTI e deputado federal pelo PMDB/RJ, Celso Pansera, eleito presidente do conselho da Softex, diz que a Academia se ressente de falta de espaço efetivo no novo ministério.

SEPIN retoma fiscalização no uso de recursos da Lei de Informática em P&D

"Me surpreende esse legado tão grande, mas estamos trabalhando para resolver o quanto antes", afirmou o secretário de Política de Informática, Maximiliano Martinhão.

TI propõe pacto nacional para retomada de políticas de fomentos ao setor

"Hoje não há mais nenhuma ação transparente para o setor que é claramente importante para o desenvolvimento do país", frisou o coordenador do Rio Info e presidente do TI Rio, Benito Paret.

Internet das Coisas monitora performance de atletas olímpicos brasileiros

Equipe brasileira de canoagem está tendo a performance monitorada por uma solução da GE, revelou o secretário municipal de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Franklin Coelho.

SBC é contra reserva de mercado para o profissional de TI

Socidade Brasileira da Computação defendeu que a regulamentação da profissão não limite o livre exercício profissional como querem setores do mercado. "TI é transversal. Não pode haver cerceamento ao exercício da profissão atrelando a apenas uma formação", destacou o presidente da entidade, Lisandro Granville.

SEPIN propõe uma relação de parceria com entidades de TI

Solenidade de abertura do Rio Info 2016 marcou a posição oficial das entidades de TI à fusão ministerial. Coordenador do evento e presidente do TI Rio, Benito Paret, propôs um pacto entre mercado e governo para a formulação de um programa de fomento que garanta investimentos em TIC no Brasil.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Destaques
Destaques

Globo.com usa algoritmos para definir o que o leitor vai ler

Empresa conta com uma equipe com múltiplas habilidades – matemática, estatística, computação – no lugar de um time de cientista de dados. Modelo, no entanto, enfrenta resistência interna.

Setor quer marco legal para software nos moldes do Marco Civil da Internet

Legislação - que seria um conjunto de regulamentações - estaria associada à Lei de Patentes, à Lei de Inovação e à Lei de Compras Públicas de software, revela Gilberto Martins de Almeida, da GMA Advogados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site