Convergência Digital - Home

Governo precisa atuar como coordenador na remoção às barreiras inúteis em Telecom

Se não é possível ao governo fazer investimentos, que ele funcione como um coordenador e incentive o diálogo com os órgãos que, hoje, dificultam os investimentos em redes, diz o presidente-executivo da TelComp, João Moura. Novo ciclo do PGMC é a última oportunidade para fomentar a inclusão.

Operadoras competitivas vão investir R$ 5 bilhões em infraestrutura no Brasil

Esse montante não inclui as quatro grandes - TIM, Oi, Vivo e Claro, revela o vice-presidente do grupo Algar, Divino Souza. Tomas Fuch, da Datora Telecom, adverte: sem infraestrutura não há OTTs que sobreviva.

Anatel: agências reguladoras ainda definem como agir com as OTTs

Presidente da agência reguladora, Juarez Quadros, admite que há novas fronteiras de competição e o momento é de debater como atualizar o modelo regulatório para tratar as OTTs e a influência delas no ecossistema do setor.

Internet das Coisas não existe sem conectividade

A afirmação foi feita pelo vice-presidente da AT&T para Europa e América Latina, Karim Lesina. Segundo ele, qualquer plano de negócio nesse segmento passa por acesso à Internet.

Segurança cibernética: o mundo convive com novas 'pegadas digitais'

Mover dados para fora da fronteiras, computação em nuvem, e a Internet das Coisas adicionaram complexidade à segurança cibernética, sustenta o VP da Information Technology Council (ITI), John Miller.

Oi: Brasil terá de retomar o debate sobre o uso dos fundos setoriais

Mais cedo ou mais tarde, com tantos 'Brasis' para serem atendidos, essa discussão terá de voltar à mesa por conta da construção de redes em áreas de menor potencial econômico.

MCTIC não descarta desoneração fiscal para atrair novos datacenters

"A participação do Brasil neste segmento é muito abaixo do que se pode esperar", afirmou o diretor do departamento de banda larga da secretaria de telecomunicações, Artur Coimbra. GESAC, ofertado, hoje, pela Embratel e Oi, também passa por revisão em 2017.

Aníbal Diniz: Não é hora de chorar o leite derramado. É hora de negociar novos recursos

Para o conselheiro da Anatel, 'o que ficou no passado, ficou. O certo é abrir frente no governo para novos recursos aos pequenos prestadores". Anibal Diniz diz ainda que quer criar um Comitê para pequenos prestadores na Anatel. Novo PGMC pode ser votado até o final de novembro.

Se não usar o FUST para a banda larga, governo vai enfrentar a Justiça

Com a mudança de concessão para autorização, o FUST perde a razão de ser se não houver uma destinação correta. "Já avisamos que a judicialização será o caminho se o Fundo não for para a banda larga", afirmou Artur Coimbra, do MCTIC.

Aníbal Diniz: "É muito complicado para investir no Brasil"

Para o conselheiro da Anatel, é preciso aproveitar a vontade política do governo Temer para destravar o setor de Telecom e retomar o protagonismo da Anatel. "Os OTTs são os queridinhos, mas quem faz a rede é quem constroi o setor".

Anatel nega a possibilidade de dar à Oi o mesmo tratamento concedido à Telefônica

"O grupo Telefônica terá capacidade para honrar o valor das multas em investimento. Tem crédito. Há uma diferença entre uma companhia e outra", sustentou o presidente da Agência, Juarez Quadros. Ele não garantiu a presença da Anatel na reunião de mediação convocada pela Justiça do Rio. "Quem tem de estar lá é a AGU. Mas digo: não há como negociar multas".



Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site