Home - Convergência Digital

Sair da crise no Brasil passa por incentivos à TICs

Investir no setor de Telecomunicações, que é transversal em diferentes mercados, é significativo para a retomada do país, sustenta a diretora de regulação econômica da LCA Consultores, Cláudia Viegas.

Anatel sustenta que todas as demandas do setor estão sendo tratadas

Ao abrir o Painel Telebrasil 2016, o presidente da agência, Juarez Quadros, respondeu à lista de reivindicações das empresas apresentando um relatório ponto a ponto. “São tantas demandas que pensei em virar analista em vez presidente”. 

Teles terão ranking anual das ‘cidades amigas da banda larga’

Primeira edição premiou Uberlândia-MG, por ser o município com legislação mais favorável à implantação de infraestrutura de rede, especialmente antenas de celular. São Paulo, Belo Horizonte e Brasília aparecem entre as piores. 

Teles querem usar modelo de Uberlândia para triplicar antenas em São Paulo

Cidade mineira foi a primeira colocada no ranking das operadoras dos municípios mais amigáveis para a implantação de infraestrutura. “Vamos levar esse caso para o novo prefeito de São Paulo adotar na maior cidade do país”, diz o presidente da Telebrasil, Luiz Alexandre Garcia. 

Telecom pede protagonismo, menos impostos e isonomia com internet

"Banda Larga gera riqueza e precisa ser prioridade nacional", afirmou o presidente do SindiTelebrasil, Luis Alexandre Garcia.

Governo vai regulamentar ‘silêncio positivo’ da Lei das Antenas

Por Decreto ou regulamentação da Anatel, objetivo é retomar a autorização tácita para instalação de infraestrutura caso os municípios não soltem as licenças em até 60 dias. 

Apesar da importância das TICs, setor pena para superar gargalos

“As operadoras, que são a vanguarda do progresso da sociedade da informação, estão trabalhando com um retorno do investimento muito baixo”, lamenta o vice-presidente de relações institucionais da Huawei, Alfredo Acebal. 

MCTIC defende flexibilização do Marco Civil da Internet

Para o secretário de políticas de informática, que também é o coordenador do CGI.br, Maximiliano Martinhão, neutralidade de rede e proibição de ‘zero rating’ prejudicam o mercado de telecomunicações. 

Oi quer trocar dívida por serviços ao Governo e fala em 'bolsa telecom'

Presidente da operadora, Marco Schroeder, adiantou que a ideia é oferecer serviços de voz e Internet para a população mais carente com preços subsidiados. Também falou em novos investimentos em áreas não atendidas por conta da baixa rentabilidade econômica.

Situação fiscal desafia política pública para telecom

O Secretário de Políticas de Informática, Maximiliano Martinhão, antecipou ainda que será lançada, no começo do próximo ano, uma consulta pública para definir uma agenda digital para o Brasil. Iniciativa não terá só o MCTIC. "Só terá validade se todo o Governo participar e aderir à iniciativa".

Políticas Públicas de Telecomunicações são uma questão de Estado

"A Carta de Brasília 2016 tem o meu aval, inclusive no tema OTTs, e deve ser respondida pelo Governo Federal", afirmou o ministro Gilberto Kassab.

Carta de Brasília 2016: Banda Larga tem de ser prioridade nacional

Documento destaca que o setor emprega, hoje, 500mil trabalhadores e representa 6% do PIB nacional. Entre as reivindicações, a criação de um ambiente propício aos investimentos em Internet das Coisas.

Daniel Vilela: Senado tem tudo para votar PL 3453 ainda em 2016

Deputado Federal, autor do projeto, diz que tem maioria para barrar qualquer tentativa de recurso na Câmara. Uma das condições para o avanço rápido foi a retirada de temas polêmicos como o FUST e o Fistel.



Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site