Home - Convergência Digital

Oi recebe certificado Women on Board por fomentar diversidade em seu quadro de conselheiros

Da redação - 20/07/2021

A Oi recebeu o certificado Women on Board, iniciativa independente que visa a reconhecer a existência de ambientes corporativos mais diversos e que valorizam a presença de mulheres em conselhos de administração ou conselhos consultivos. O documento foi entregue durante cerimônia virtual, que contou com a presença dos diretores estatutários da Oi bem como de todo o Conselho de Administração da Companhia, da qual fazem parte as conselheiras Maria Helena dos Santos Fernandes Santana e Claudia Quintella Woods. Como representantes do WOB, participaram as diretoras Christiane Aché, Marina Copola e Daniela Graicar.

“A Oi busca acolher e fomentar a diversidade e a inclusão em seu quadro de colaboradores e no grupo da liderança. E a composição de seu conselho de administração procura ser compatível com essa visão. O grupo de conselheiros é diverso em termos de perfis profissionais e competências e é muito positivo que, preservando um conjunto que atenda às necessidades da Oi, ele seja também menos homogêneo do que a maior parte dos conselhos no Brasil”, afirmou Maria Helena dos Santos Fernandes Santana, que passou a integrar o Conselho de Administração da Oi em 2018 e que é também membro do conselho do Itau Unibanco Holding S.A.

Para Claudia Woods, que além de ser conselheira da Oi desde março de 2020, ocupa o cargo de CEO da WeWork na América Latina, “já está comprovado que ambientes diversos geram melhores resultados para as empresas. Buscamos trazer essa diversidade para o conselho da Oi, garantido diferentes pontos de vista nas tomadas de decisão e a aceleração da trajetória da Oi em se tornar uma empresa mais inclusiva e diversa."

Lançado em 2019 em parceria com a ONU Mulheres, o WOB nasceu de um grupo de executivas que participa direta e indiretamente de conselhos de administração e presencia, na prática, como a falta de diversidade leva muitas vezes as discussões aos mesmos lugares e como uma ótica diferente é capaz de promover a inovação na companhia, trazendo visões estratégicas alternativas. O selo tem como propósito sensibilizar organizações acerca da importância da diversidade como investimento qualificado e incentivar a movimentação via pressão positiva por meio de seus pares. Para a direção do WOB, “é um orgulho enorme certificar uma empresa que tem a diversidade como causa relevante e demonstra com atitude essa preocupação, em suas cadeiras mais estratégicas”.

Atualmente a Oi conta com mais de 200 mulheres na liderança, sendo três delas diretoras com reporte direto ao CEO. A certificação do Women on Board foi uma importante conquista do Programa de Diversidade e Inclusão da Oi, iniciado em 2018 com o objetivo de evoluir o tema na agenda corporativa. O programa conta com diversas iniciativas iniciadas a partir da publicação da política de Diversidade e Inclusão, que incluem ações de educação e sensibilização, treinamentos e envolvimento das lideranças nos pilares de identidade de gênero, raça/etnia, orientação afeto-sexual e capacitismo.  

As iniciativas estão contempladas nas diretrizes de ESG da companhia e fazem parte do plano de transformação da Oi. No que tange equidade de gênero, em 2020, a companhia aderiu ao movimento Mulher 360, uma parceria com a ONU Mulher. E este ano esse compromisso foi reforçado com a implantação do Programa de Aceleração da Liderança Feminina, envolvendo 20 executivas da organização. O conteúdo é customizado a partir do relatório Hogan com a facilitação da empresa Lee Hecht Harrison Brasil.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

29/07/2021
Relator na Anatel recusa Algar no processo de venda da Oi Móvel

26/07/2021
CADE quer mais detalhes da venda da Oi Móvel para Vivo, Claro e TIM

20/07/2021
Oi recebe certificado Women on Board por fomentar diversidade em seu quadro de conselheiros

19/07/2021
Oi vai para a arbitragem com a Anatel por conta da concessão da telefonia fixa

19/07/2021
Nova Oi terá receita de R$ 15,5 bilhões em 2024

14/07/2021
Oi não resistiria à pulverização dos ativos da Oi Móvel

07/07/2021
Oi finaliza venda do controle da InfraCo ao BTG Pactual por R$ 12,9 bilhões

06/07/2021
NEO: Compra da Oi Móvel por TIM, Vivo e Claro tende a reduzir investimento

06/07/2021
Oi Móvel: Anatel tem obrigação de cumprir o seu papel em prol da competição

06/07/2021
TelComp e NEO: A Oi não vai quebrar se não vender a operação móvel

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Profissionais de TI: como reter talentos?

Por Ary Gatto*, CEO da Runtalent

Essa é a pergunta de um milhão de dólares. Não existe resposta correta, mas pela minha experiência, acredito que  os especialistas em TI buscam cada vez mais produtos e projetos inovadores, que tornem o dia mais prazeroso. É claro que dinheiro ainda é importante e fundamental, mas o cenário mudou.

Destaques
Destaques

Home Office foi realidade para apenas 11% dos trabalhadores no Brasil

Pesquisa feita pelo IPEA mostra que o setor privado respondeu por 63,9% do teletrabalho por conta da pandemia de Covid-19. 

Contratações em TIC cresceram 300% no 1ºtri e ainda assim foram insuficientes

Entre janeiro e março foram abertas 52.743 novas vagas, frente as 59.193 criadas ao longo do ano passado, segundo a Brasscom.

TRT-2 valida demissão feita pelo WhatsApp

A 18ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região confirmou a demissão de uma educadora de ensino infantil justificando que a OTT se 'tornou um grande aliado, especialmente em 2020, como ferramenta de comunicação como qualquer outra'.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site