Clicky

INOVAÇÃO

Paraíba sai na frente e Pix será usado para pagar custas judiciais

Convergência Digital ... 20/07/2021 ... Convergência Digital

A partir de setembro, o pagamento de custas judiciais do Tribunal de Justiça da Paraíba, que antes era feito apenas pelo autoatendimento do Banco do Brasil, poderá ser feito em mais de 700 instituições bancárias e financeiras, através do sistema Pix, por meio de QR Code.

"O objetivo principal é simplificar e ampliar as possibilidades de pagamento. A parte poderá pagar as custas judiciais pelo celular, por meio do Pix, sem a necessidade de ser cliente ou de se deslocar a um terminal de autoatendimento de um banco. Isso representa comodidade e celeridade", afirmou o presidente do TJ-PB, desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides.

A iniciativa do TJ-PB é uma das pioneiras no país. No ano passado, o governo federal passou a permitir o pagamento via Pix de guias de recolhimento da União.A nova modalidade para implantação do pagamento de custas judiciais pelo sistema Pix é um trabalho de parceria da Diretoria de Economia e Finanças com a Diretoria de Tecnologia do Tribunal de Justiça e o Banco do Brasil.

"Essa opção tem a vantagem também de impedir o pagamento em duplicidade de guias, pois o sistema Pix impede dois pagamentos, o que é comum nos escritórios que possuem grande volume de ações judiciais e muitas guias de custas judiciais para pagar”, afirmou a diretora de Finanças, Izabel Izidoro.

O Banco do Brasil solicita ao Banco Central um QR Code dinâmico associado ao código de barras da guia de custas, emitida no sistema custas judiciais online, no site do tribunal, viabilizando o pagamento. A parte ou advogado deve então fazer a leitura do QR Code pelo aplicativo do seu próprio banco para proceder ao pagamento. 

Com informações da assessoria de imprensa do TJ-PB.


Open Banking: Bancos pedem e Banco Central adia compartilhamento de dados

Este é o segundo adiamento na fase 2 do Open Banking a pedido das instituições financeiras, que alegam não terem terminado os testes para a obtenção de certificações e homolagação e registro das suas APIs. Novo prazo, agora, é 13 de agosto.

Substituto do supercomputador Tupã consome menos energia, mas tem capacidade restrita

Nova máquina contratada para substituir o supercomputador - que deverá entrar em atividade num prazo de até 90 dias-  não terá capacidade para fazer previsões climáticas de longo prazo por barreira técnica.

Finep vai acelerar 10 startups, com R$ 150 mil para cada projeto

Entre os diversos temas estratégicos desejados figuram 5G, cidades inteligentes, indústria 4.0 e internet das coisas. Programa se dará em três fases, cada uma de 40 dias.

Brasileiro é eleito para seleto clube de fellows em gerenciamento da informação

Walter Koch foi nomeado em abril pela Association for Intelligente Information Management (AIIM). Em entrevista ao Convergência Digital, Koch fala sobre Inteligência Artificial, ética e viés.

Open RAN precisa ser open source para garantir inovação

“A inovação, a agilidade, a metodologia do open source, tudo isso tem a ver com o Open RAN. Pode até tentar fazer proprietário, mas quebra o conceito”, afirma o global account manager da Red Hat, Ricardo Gulla.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G