Clicky

SEGURANÇA

MP apreende pendrives, tablets e smartphones de hackers que teriam atacado o TSE

Convergência Digital ... 30/11/2020 ... Convergência Digital

A pedido da 1ª Promotoria de Justiça Eleitoral, a Justiça autorizou a operação de busca e apreensão realizada no último sábado, 28 de novembro, contra os envolvidos em ataque cibernético contra o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Também foram autorizadas medidas cautelares contra três brasileiros investigados pelos crimes.

Na operação, foram apreendidos CDs, DVDs, pendrives, HDs, tablets e smartphones. Para que os investigadores pudessem ter acesso aos dados armazenados nos equipamentos, era necessária autorização judicial.

O pedido foi feito pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e concedido pela 1ª Zona Eleitoral do Distrito Federal.A Promotoria também pediu medidas cautelares contra os três brasileiros envolvidos no ataque. A Justiça determinou que os três não mantenham contato entre si.

Entenda o caso

Um grupo hacker reivindicou a autoria dos ataques realizados contra o TSE na véspera do 1° turno das eleições municipais. Além de causarem instabilidade nos sistemas de informática, os envolvidos acessaram e divulgaram ilegalmente dados pessoais e sigilosos. As investigações realizadas pela Polícia Federal levaram aos três brasileiros, que vivem em São Paulo e Minas Gerais, e a um cidadão português. Esse último já cumpria prisão domiciliar em seu país de origem pela prática de crimes cibernéticos.

No inquérito, a Polícia Federal identificou a prática de, pelo menos, cinco crimes: 1) promover desordem que prejudique os trabalhos eleitorais; 2) desenvolver ou introduzir programa de computador capaz de provocar resultado diverso do esperado em sistema usado pelo serviço eleitoral; 3) destruir, suprimir ou ocultar documentos relativos à eleição; 4) obtenção de informações sigilosas por meio de invasão a dispositivo de informática; e 5) associação criminosa.


Telecom somou 2,6 milhões de transações fraudulentas no 1º semestre

Já os celulares são os aparelhos com maior tentativa de fraude nas vendas pela internet: 5,1% dos casos. 

Dar segurança ao trabalho remoto foi a missão da TI com Covid-19

Pesquisa global mostra como adaptação dos profissionais ao teletrabalho teve que focar em ameaças de phishing, ataques e malware. 

ANPD e NIC.br assinam cooperação para gerar cultura de segurança de dados

Assinatura também marcou o lançamento de cartilhas do NIC.br sobre proteção de dados e vazamentos de dados.  Eles orientam sobre os direitos e deveres dos titulares dos dados.

Operação contra Pirataria Digital bloqueia 344 sites e 95 apps de transmissão ilegal de conteúdo

A terceira fase das operação 404 acontece em nove Estados do País e também removeu perfis de redes sociais e de buscadores da Internet. Ação policial tem apoio das embaixadas dos EUA e do Reino Unido.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G