27/11/2019 às 16:33
Internet


VINCI Partners: 'jeitinho' não tem vez na atração de investimento
Ana Paula Lobo e Rafael Mariano

As empresas de internet e as operadoras competitivas- de todos os portes- entraram no radar dos fundos de investimentos, mas há muito por fazer no Brasil, afirma o gerente de capital privado da VINCI Partners, Gabriel Felzenszwalb. Do ponto de vista técnico, enumera o especialista, há muitas empresas com infraestruturas sucateadas e 'remendadas', que demandariam muito investimento para se tornarem 'aceitáveis'. "Muitas dessas redes não têm produtos homologados e foram construídas fora dos padrões tecnológicos", ressalta.

Do ponto de vista fiscal, a situação não é muito diferente. "Não somos defensores da Receita, mas há muitas companhias da área com irregularidades que travam o interesse", diz Felzenszwalb. Objetivamente, o gerente de capital privado diz que ser empresário no Brasil é um ato de heroísmo, o que exige, muitas vezes, traçar atalhos para crescer.

"Mas é preciso saber a hora de deixar de ser herói e colocar a bola no chão para regularizar o negócio, mesmo que isso provoque um freio no crescimento. Negócio legal tem olhar diferenciado na atração de investimento", pontua o executivo da VINCI Partners. Assista a entrevista.


Powered by Publique!