Clicky

GESTÃO

TCU: Metade dos órgãos públicos não tem política para backup de dados

Convergência Digital* ... 14/05/2021 ... Convergência Digital

o Tribunal de Contas da União recomendou ao governo federal que edite normativos para assegurar que entidades e órgãos públicos aprovem e mantenham atualizadas políticas gerais e planos específicos de backup de dados. A decisão do Tribunal foi direcionada especificamente ao Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI/PR), ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

De acordo com o relatório, 50,7% das organizações que participaram da fiscalização não possuem política de geração de cópias de segurança (backup e restore) aprovada formalmente na organização. Por outro lado, a maioria afirmou executar backups completos de suas bases de dados com alguma periodicidade.

A auditoria foi realizada no período de outubro de 2020 a abril de 2021 com o objetivo de avaliar a efetividade dos procedimentos de backup das organizações públicas federais. Foram consultadas 422 instituições federais.

Um dado preocupante apontado pelo relator do processo, ministro Vital do Rêgo, é que 33 organizações públicas (8,9% do total) informaram não realizar backup de seu principal sistema, colocando-se em situação de total vulnerabilidade a falhas e ataques.

Em seu voto, o ministro Vital do Rego destacou que o TCU pretende contribuir para o aprimoramento da gestão da segurança da informação na administração pública federal. “Espera-se que as recomendações que estão sendo propostas possam contribuir para o aumento de segurança sobre os sistemas e informações públicos, bem como espera-se que a próxima fiscalização prevista possibilite acompanhar a implementação de controles críticos de segurança cibernética, de forma a criar um ciclo positivo de amadurecimento da gestão de segurança da informação”, afirmou.

* Com informações do TCU


Com ajuda da IA, Vivo quer recondicionar 1,5 milhão de modems e decodificadores até dezembro

A Vivo recolhe e recupera mais de 100 mil destes equipamentos por mês, que passam por atualização de software, reparos técnicos e estéticos.

Governo indica que vai pagar aluguel para quem comprar sala limpa do Ceitec

MCTI também sugere corte nos recursos para a Organização Social que vai ficar com a propriedade intelectual da estatal liquidada, R$ 30 milhões por ano estimados inicialmente já caíram para R$ 20 milhões.

Governo projeta substituir 53 mil servidores por robôs em 2030

Em 2040, mais de 68 mil servidores aptos a se aposentar poderão ser substituídos pela automação. Em 2050, poderão ser mais de 90 mil, segundo pesquisa feita pela Enap.

ABNT cria nova norma para combate às fraudes, pirataria e lavagem de dinheiro

Associação Brasileira de Normas Técnicas fará o lançamento no dia 07 de junho. Entidade também promove cursos de capacitação em compliance.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G