Home - Convergência Digital

Vivo está com 1.000 vagas abertas call centers em Curitiba e Fortaleza

Convergência Digital - 20/10/2020

A Vivo está em busca de profissionais para a área de relacionamento com cliente da companhia. Ao todo são 1.000 vagas disponíveis para atuar como analista de relacionamento nos Call Centers próprios em Curitiba (PR) e Fortaleza (CE).

Os interessados precisam ter o ensino médio completo, domínio de informática e pacote office. Importante também ter um perfil consultivo, analítico, com experiência em outros mercados, além de atributos como empatia, entusiasmo, energia, foco no cliente e estar conectado com o propósito da empresa de digitalizar para aproximar, com pensamento digital e inovador. Estar cursando ou ter completado o ensino superior será um diferencial.

Além disso, os candidatos precisam ter habilidade para trabalhar em home office, uma vez que, após um período de adaptação e treinamentos presenciais, os candidatos poderão trabalhar remotamente. Importante também ter disponibilidade de horário para atuação em escalas de trabalho que comtemplam finais de semana. Como uma marca inclusiva, que vê a diversidade de pessoas, comportamentos e habilidades como um diferencial, a Vivo busca atrair candidatos com pluralidade de perfis, como gênero, LGBTI+, Raça, Pessoas com Deficiência e acima de 50 anos.

As etapas do processo seletivo e a admissão serão 100% digitais. Os selecionados passarão por um programa de desenvolvimento, que contempla uma trilha de aprendizagem focada em produtos, serviços e ferramentas. Além disso, a companhia promoverá uma capacitação técnica por meio de conteúdos comportamentais para aprimorar ainda mais as competências do colaborador, garantindo a melhor experiência aos clientes em cada relacionamento.

"A Vivo tem como objetivo ser uma referência na experiência do cliente e, para isso, temos um programa de treinamento bem robusto, que contempla uma trilha de aprendizagem focada em produtos, serviços e ferramentas, habilitando o Analista de Relacionamento a realizar um atendimento de qualidade", ressalta Ricardo Miras, diretor de Atendimento Próprio da Vivo.

Para concorrer a uma das vagas, os interessados devem acessar a página http://talentosvivo-relacionamento.gupy.io/. O salário é compatível com o que é oferecido no mercado. Entre os benefícios os selecionados terão vale refeição e transporte; plano de saúde e odontológico; seguro de vida; day off de aniversário; desconto especial em linha fixa, banda larga, TV por assinatura e apps.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/01/2021
Inter fecha parceria MVNO com a Vivo atenta ao mercado pré-pago de voz e dados

13/01/2021
Vivo contrata OpenStack, da Canonical, para levar cobrança online para a nuvem

13/01/2021
Telefonica vende torres para American Tower por 7,7 bilhões de euros. Brasil faz parte do pacote

17/12/2020
Oi e Vivo querem ser compensadas porque clientes não usam mais telefone fixo

08/12/2020
Vivo adota PIX como meio de pagamento de recargas em canais digitais

30/11/2020
Vivo concede bônus de 1GB de Internet para clientes pré-pago em dezembro

26/11/2020
Anatel renova faixa de 850 MHz para Vivo, mas nega pedido de redução de preço

18/11/2020
Vivo inaugura usina solar para atender antenas em Brasília

03/11/2020
Vivo vende braço de cibersegurança para Telefónica de Espanha

28/10/2020
Com ajuda da Covid-19 e redução de investimentos, Vivo tem lucro de R$ 1,2 bilhão no trimestre

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A confiança é ganha com mil atos e perdida com apenas um

Por Luis Banhara*

À medida que o conceito de trabalho se descola dos escritórios, mesmo que parcialmente, surgem novos desafios de segurança. A superfície de ataque foi ampliada.

Destaques
Destaques

Na liderança, curiosidade insana e coragem impactam mais que a competência

Vice-presidente para setor público na AWS, Teresa Carlson, e Indra Nooyi, membro do board da Amazon e ex-CEO e chairman da PepsiCo, admitiram que a Covid-19 tem provocado crises existenciais em muitas pessoas e que, há, sim, um forte e um injusto desequilíbrio para as mulheres.

Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

Pesquisa nacional, realizada pela Assespro-Paraná e pela UFPR, mostra a desigualdade econômica do país. No Nordeste, em Sergipe, a média salarial é de apenas R$ 1.943.00. Em São Paulo, essa média sobe para R$ 6.061,00. Outro ponto preocupante: a diferença salarial entre homens e mulheres segue acima de dois dígitos.

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site