Clicky

Home - Convergência Digital

Ericsson: "Temos que colocar nossas melhores cabeças para ganhar o mundo com o 5G"

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, do Rio de Janeiro - 04/11/2019

O Brasil tem uma oportunidade única com a chegada do 5G para fazer acontecer a inovação, observa o diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Ericsson, Edvaldo Santos. Em entrevista à CDTV, do Convergência Digital, durante o Futurecom 2019, realizado de 28 a 31 de outubro, em São Paulo, o executivo lembrou que o Brasil tem muita competência para inovar.

"O 5G vai habilitar soluções para equacionar os nossos problemas. Teremos coisas fantásticas, mas teremos as soluções para o nosso dia a dia", disse Santos. Para o diretor da Ericsson, o momento é de usar a ambição positiva do brasileiro para colocar as nossas melhores cabeças para criar aplicativos 5G capazes de ganhar o mundo. E lembrou: na própria Ericsson, a equipe brasileira lidera o projeto zero-touch que leva Inteligência Artificial para o gerenciamento de redes. Assista à entrevista.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/08/2020
Lei de inovação de Florianópolis bancou case brasileiro de rastreamento da Covid-19

31/07/2020
Huawei defende reserva de 500 MHz da faixa de 6GHz para as teles

31/07/2020
Qualcomm defende faixa de 6GHz para não licenciados atenta ao 5G

17/07/2020
4G LTE faz Neoenergia avaliar 5G para missão crítica no Brasil

08/06/2020
Covid-19: Brasil sabe fazer software para 'jogar o jogo' global do digital

28/05/2020
Profissional de IA tem de gostar de fazer a tecnologia acontecer

26/05/2020
IA feita no Brasil salva vidas ao monitorar três milhões de pacientes

09/03/2020
Software e serviços de TI contrataram 30 mil novos profissionais em 2019

19/02/2020
Defesa Cibernética: 5G do Brasil deve resistir a riscos de qualquer empresa ou nação

07/01/2020
O carro será uma Internet das Coisas

Destaques
Destaques

Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

"Não há como fazer obrigação em cibersegurança. O ambiente tem de ser cooperativo e não é apenas com as teles. São mais de 10 mil pequenos prestadores de serviços e eles têm de estar ativos. Temos de ter uma coordenação entre todos os atores", disse o superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Nilo Pasquali.

Aos 23 anos, Anatel lista 5G como próximo desafio

“Entre os desafios que nos aguardam, a economia brasileira precisa ter sua digitalização aprofundada, a conectividade precisa se tornar mais real na vida dos brasileiros”, destacou o presidente da agência, Leonardo de Morais, também ressaltando a segurança cibernética e renovação das concessões em 2025.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

IoT e os novos negócios e aplicações para o mercado de energia

Por Pedro Al Shara*

Analistas de mercado estimam que o impacto da Internet das Coisas na economia alcance de 4% a 11% do Produto Interno Bruto do planeta em 2025.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site