Home - Convergência Digital

João Vagnes de Moura Silva é o novo presidente da BB Tecnologia

Ana Paula Lobo - 02/08/2019

Joao Vagnes de Moura Silva é o novo presidente da BB Tecnologia e Serviços (BBTS). Ele estava como diretor de administração de fundos e de gestão da BB DTVM, especializada na gestão de recursos de terceiros e na administração dos fundos de investimento dos clientes do Banco do Brasil.

Ele substitui Adriano Meira Ricci, que ficou à frente da empresa por um ano e meio e deixou o cargo para se aposentar no mês de junho. Fontes da BBTS asseguram que João Vagnes não teria o perfil de assumir o comando para preparar a venda da companhia, que é prestadora de serviços de TI do Banco do Brasil.

Ao deixar a empresa, em entrevista ao Convergência Digital, Meira Ricci afirmou que entre janeiro e março de 2019 o resultado financeiro da BBTS foi de R$ 13,6 milhões, acima dos R$ 12 milhões alcançados em todo 2018. Plano estratégico era até então o de, em 2023, ter 30% do faturamento vindo de empresas privadas e o restante do Banco do Brasil.

No CIAB Febraban 2019, a BB Tecnologia fez a apresentação da sua nova estratégia ao mercado, com investimentos em diferentes áreas de atuação como telefonia e segurança.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/06/2020
Mobile banking chega a 44% das operações bancárias no Brasil

29/08/2019
Banco Central controla pagamentos instantâneos

28/08/2019
Sicredi acirra a guerra das maquininhas e avança sobre os MEIs

21/08/2019
BBTS quer ser cada vez mais uma empresa voltada à TI

02/08/2019
João Vagnes de Moura Silva é o novo presidente da BB Tecnologia

01/08/2019
TecBan promete oferecer pagamento instantâneo até o final do ano

03/07/2019
Bancos tradicionais sentem no bolso o impacto das fintechs e bancos digitais no crédito

02/07/2019
Natura avança para pagamento instantâneo atenta ao Open Banking

28/06/2019
BBTS cria plataforma com monitoramento, biometria, QR Code e reconhecimento facial

28/06/2019
Serviços de voz estão mais vivos do que nunca na jornada digital

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Trabalho híbrido, cloud, segurança, 5G: como fica o mercado de TI no Brasil?

Por Mauricio Suga*

A pandemia da Covid-19 e as mudanças decorrentes dela foram grandes aceleradores da transformação digital, tanto no Brasil quanto a nível mundial. Mudamos a maneira como trabalhamos e entendemos o local de trabalho, como gerimos e nos relacionamos com equipes e, também, revisitamos as prioridades de investimentos organizacionais, sejam elas de curto ou longo prazo.

Destaques
Destaques

MP do Governo muda as regras para teletrabalho

A MP 1046/2021 diz que a infraestrutura necessária para a prestação do trabalho remoto tem de estar em contrato firmado previamente ou em até 30 dias depois da mudança do regime de trabalho.

Governo reedita redução de jornadas de trabalho e suspensão de contratos por conta da Covid-19

Programa passa a ter validade a partir desta quarta-feira, 28 de abril e terá validade de 120 dias.Trabalhador que for inserido no programa terá estabilidade de até seis meses.

TIC incorporou 59 mil novos profissionais e gerou 1,62 milhão de empregos em 2020

Apesar da adversidade econômica e social com a Covid-19, TIC manteve a empregabilidade em alta. "Respondemos à desoneração da folha de pagamentos cumprindo o que nos cabia. Gerar empregos", afirmou o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site