Clicky

Home - Convergência Digital

Vivo reforça serviços digitais com o Vivo Money

Convergência Digital - 14/10/2020

A Vivo está lançando o Vivo Money, serviço de crédito pessoal que permite a contratação de R$ 1 mil a R$ 30 mil, de forma 100% digital, rápida e prática, pelo site www.vivomoney.com.br. O serviço estará disponível a partir de 19/10 para clientes Controle e Pós-Pago da Vivo. O serviço está em desenvolvimento Há um ano e teve um piloto com clientes entre agosto de 2019 e abril de 2020.

O lançamento comercial do Vivo Money é estratégico para a Vivo, pois reforça o posicionamento da empresa como hub de serviços digitais, oferecendo a seus clientes muito além de serviços de telecomunicações. E a área de serviços financeiros é uma das prioridades da Vivo para o desenvolvimento de novos serviços que gerem valor para seus assinantes.

"O relacionamento que temos com nossos clientes e a confiança da marca Vivo são atributos importantes para o sucesso do Vivo Money, um serviço que torna mais simples contratar crédito pessoal, com segurança, rapidez e sem burocracia. Com o Vivo Money, avançamos no nosso propósito de Digitalizar para Aproximar", afirma Sandro Sinhorigno, diretor de Vivo Money.

Diferenciais

O Vivo Money oferece taxas de juros competitivas, a partir de 1,99% ao mês, conforme análise de perfil de crédito do cliente, e o prazo de pagamento varia de seis a 24 meses. Não existe cobrança de taxas adicionais, como por exemplo, para abertura de crédito, garantindo total transparência.

Outros diferenciais são a simplicidade e a rapidez do processo, que ocorre de forma 100% online e sem burocracia. Em minutos, o cliente simula uma oferta de crédito pessoal direto pelo site www.vivomoney.com.br, indicando valor e quantidade de parcelas desejadas, envia informações e apenas três documentos (CNH/RG, selfie e comprovante de residência, nos casos em que o endereço indicado é diferente do cadastrado na Vivo), para análise de seu perfil de crédito.

Após a análise, o cliente é informado via SMS sobre a aprovação e é só acessar o site e concluir a contratação do crédito pessoal, cujo valor é depositado na conta-corrente ou conta poupança indicada em até dois dias úteis. O crédito é pago por meio de boleto bancário ou débito automático. O Vivo Money também oferece ao cliente a possibilidade de, a qualquer momento, solicitar a quitação antecipada de seu empréstimo, e com isso, reduzir o valor total a ser pago.


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

26/11/2020
Anatel renova faixa de 850 MHz para Vivo, mas nega pedido de redução de preço

18/11/2020
Vivo inaugura usina solar para atender antenas em Brasília

03/11/2020
Vivo vende braço de cibersegurança para Telefónica de Espanha

28/10/2020
Com ajuda da Covid-19 e redução de investimentos, Vivo tem lucro de R$ 1,2 bilhão no trimestre

26/10/2020
Vivo oferece serviços de saúde do dr.consulta aos seus assinantes

20/10/2020
Vivo está com 1.000 vagas abertas call centers em Curitiba e Fortaleza

16/10/2020
CGU aplica multa de R$ 45,7 milhões à Vivo por distribuição de ingressos da Copa de 2014

14/10/2020
Vivo reforça serviços digitais com o Vivo Money

06/10/2020
Trainee da Vivo terá salário de R$ 6,800,00

06/10/2020
Justiça condena Vivo e WhatsApp por celular invadido

Destaques
Destaques

Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

"Não há como fazer obrigação em cibersegurança. O ambiente tem de ser cooperativo e não é apenas com as teles. São mais de 10 mil pequenos prestadores de serviços e eles têm de estar ativos. Temos de ter uma coordenação entre todos os atores", disse o superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Nilo Pasquali.

Aos 23 anos, Anatel lista 5G como próximo desafio

“Entre os desafios que nos aguardam, a economia brasileira precisa ter sua digitalização aprofundada, a conectividade precisa se tornar mais real na vida dos brasileiros”, destacou o presidente da agência, Leonardo de Morais, também ressaltando a segurança cibernética e renovação das concessões em 2025.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

IoT e os novos negócios e aplicações para o mercado de energia

Por Pedro Al Shara*

Analistas de mercado estimam que o impacto da Internet das Coisas na economia alcance de 4% a 11% do Produto Interno Bruto do planeta em 2025.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site