Clicky

Convergência Digital - Home

Unisys: pouco mais de 20% das empresas brasileiras são multicloud

Convergência Digital
Ana Paula Lobo - 26/11/2019

A Multicloud é o futuro, mas apenas 24% das companhias brasileiras usam de fato vários fornecedores na nuvem, observou a primeira edição do Barômetro de Sucesso na Nuvem, produzido pela Unisys, e divulgado nesta terça-feira, 26/11, em São Paulo. A pesquisa mostra que nove em 10 empresários brasileiros já perceberam os benefícios do uso das nuvem, número bem acima do registrado mundialmente- 66%. O levantamento da Unisys entrevistou 1.000 líderes seniores de TI e de negócios em 13 países, incluindo o Brasil.

Um dos pontos mais críticos para o  uso da nuvem - a segurança - segue sendo um ponto ainda a ser discutido, mas há se desfaz o mito que a nuvem não é segura, ela requer cuidados como qualquer outra tecnologia, afirma Guilherme Artuso, diretor de cloud computing da Unisys para a América Latina. Do ponto de vista de mercado, a Unisys se posiciona como um orquestrador no negócio de cloud, ou seja, como um integrador de soluções. "Há ainda muita aplicação legada que não vai para a nuvem. E gerir esse recurso legado com o que está na nuvem exige uma orquestração, que nós Unisys, nos preparamos para fazer", adicionou Artuso.

O presidente da Unisys para a América Latina, Eduardo Almeida, assumiu que há três verticais centrais de atuação da Unisys: governo, finanças e varejo. "Governo e varejo precisam muito fazer a jornada efetiva para a nuvem. Temos um grande mercado para conquistar, até pelo resultado da adesão ao multicloud", pontua.

O Barômetro de Sucesso na Nuvem aponta ainda que:

• Quase a totalidade (95%) das empresas brasileiras que adotaram a nuvem como parte central da estratégia de negócios viu grandes ou moderados avanços trazidos pela migração;

• Apenas um terço (33%) dos líderes que adotaram a nuvem como parte menor da estratégia de transformação dos negócios teve expectativas excedidas ou atingidas em grande parte com o processo de transformação digital em cloud;

• Entre todos os entrevistados, 56% dos líderes de negócio da América Latina relataram estar extremamente ou muito preocupados em serem superados pelos concorrentes.

• No ranking global, que avalia a evolução das organizações na jornada para a nuvem em uma escala de 0 a 100, o Brasil atingiu 66 pontos - a pontuação mais alta ente todos os países avaliados - 17 acima da média mundial (49 pontos) e 10 a mais em relação à média da América Latina (56 pontos).

Apesar de quase todos os entrevistados (95%) afirmarem ter migrado para a nuvem em algum nível, o uso da multicloud ainda é baixo (24%) - valor alinhado com os resultados mundiais. No entanto, os usuários de multicloud disseram que veem a nuvem como elemento essencial para manter a competitividade:

• Três em cada quatro (76%) afirmaram que, se não migrassem para a nuvem, estariam um pouco ou extremamente preocupados com o fato de um concorrente sair na frente em inovação;

• 48% estariam preocupados em ser superados por um concorrente;

• Um terço (33%) estaria preocupado em se ver até forçado a abandonar os negócios por não inovar.

Para conhecer outros resultados, ter mais informações sobre o Barômetro de Sucesso na Nuvem™ da Unisys 2019 e fazer o download do relatório, visite http://www.unisys.com/cloudbarometer.


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Destaques
Destaques

Brasil investe muito pouco em Inteligência Artificial

O aporte previsto no País é de R$ 70 milhões, muito abaixo, por exemplo do que está sendo feito em países como China, Coreia e Espanha, lamentou o consultor de IA, Eduardo Prado, ao participar do 5x5 TecSummit. Ele advertiu que a transformação digital não acontecerá sem que se mexa nas cabeças das pessoas.

AWS: Nuvem reduz custos em 61% e aumenta eficiência da TI em 74%

O diretor geral da AWS Brasil, Cleber Morais, enfatiza que 2020 foi o ano da disparada na transformação digital e destaca que as instituições financeiras da América Latina estão investindo 76% acima do ano passado em IaaS, PaaS e SaaS. 



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O desafio de administrar toda a rede a partir da nuvem

Por Ed Solis*

De acordo com a consultoria Omdia, o mercado de redes gerenciadas em nuvem cresce a uma taxa anual composta de 28,7%, com receitas de equipamentos previstas em US$ 5,5 bilhões

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site