Clicky

Home - Convergência Digital

Reino Unido limita, mas permite Huawei no 5G

Convergência Digital* - 28/01/2020

O governo do Reino Unido decidiu permitir, com limites, a participação da fabricante de equipamentos chinesa Huawei como fornecedora do 5G no país. Sem citar nominalmente a empresa, a decisão do primeiro ministro Boris Johnson prevê que “fornecedores de alto risco” serão excluídos de núcleos sensíveis da rede. 

Essas partes “sensíveis” são consideradas em locais como usinas nucleares e bases militares. Além disso, a decisão do Reino Unido prevê que haverá um teto de 35% na participação desses fornecedores “de alto risco” em áreas não sensíveis. 

A empresa chinesa até comemorou. “A Huawei está tranquilizada pela confirmação do governo do Reino Unido de que podemos continuar trabalhando com nossos clientes para manter o 5G no rumo”, disse o vice-presidente da fabricante, Victor Zhang. 

Segundo o secretário de comunicações do Reino Unido, trata-se de uma “solução específica por razões específicas do Reino Unido e a decisão trata de desafios que enfrentamos neste momento.”

* Com informações da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/01/2021
De saída, Trump amplia bloqueio à Huawei e revoga licenças para componentes

16/11/2020
EUA autorizam Qualcomm a exportar chips 4G para Huawei, mas proíbe o 5G

10/11/2020
Huawei joga a toalha e vai vender unidade de celulares

06/11/2020
Huawei: OpenRAN é complexo e pode atrasar o 5G no Brasil

26/10/2020
Governo da Itália usa poder de veto e manda empresa cancelar acordo com Huawei

01/10/2020
Itália diz amém aos EUA na briga contra Huawei e Alemanha é a próxima

23/09/2020
Huawei diz ter estoque suficiente para atender demanda nacional

17/08/2020
EUA apertam o cerco e endurecem medidas de restrições contra a Huawei

13/08/2020
EUA banem empresas que usam produtos da Huawei das compras governamentais

10/08/2020
Huawei dá o troco e Qualcomm alerta para o risco dos EUA perder muito dinheiro

Destaques
Destaques

Uso da faixa de 700 MHz deixa 4G disponível 80% do tempo no Brasil

Segundo a mais recente análise da OpenSignal, TIM tem a rede de quarta geração com maior disponibilidade, 88,2%, à frente da Claro (79%) e Vivo (79,5%), Oi (70,2%). 

Um em cada quatro acessos móveis na América Latina será 5G até 2026

Nova edição do Relatório de Mobilidade da Ericsson aponta que até o final de 2020, mais de 1 bilhão de pessoas ao redor do mundo já estará usando 5G. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Edição de genes: como o 'reparo' do DNA pelo CRISPR impulsionará a Agricultura

Por Eduardo Prado*

Técnica permite o 'reparo' do DNA com altíssima precisão, o que permite, por exemplo, consertar 'mutações defeituosas' do DNA. A aparecimento da técnica deu um grande alento para o tratamento de doenças genéticas complexas. Estima-se que 6.000 doenças genéticas são causadas por mutações defeituosas, e apenas 5% delas pode ser tratada atualmente (sic!) ..


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site