Home - Convergência Digital

Empresa de cibersegurança oferece cursos on-line gratuitos no Brasil

Da redação - 26/06/2020

A Check Point fechou parceria com a Coursera , uma plataforma de aprendizado on-line líder mundial com mais de 62 milhões de alunos. A parceria oferecerá uma série crescente de cursos e conteúdo de cibersegurança da Check Point para profissionais de segurança e rede.

A série de cursos Check Point Jump Start já está disponível na plataforma Coursera, incluindo o Brasil. O objetivo destes cursos é aprimorar os administradores de segurança e TI em ciberameaças, bem como em orquestração da segurança (tecnologia que integra diversas ferramentas e sistemas de segurança) e gerenciamento em redes corporativas de médio e grande portes. Em breve, a série será ampliada com disponibilidade de cursos de segurança na nuvem voltados para especialistas em DevOps e DevSecOps.

A parceria com a Coursera destaca ainda mais o compromisso da Check Point em prover educação e treinamento contínuos aos profissionais que já trabalham em cibersegurança, bem como àqueles que desejam iniciar uma carreira no setor. Pesquisas recentes mostram que o número atual de posições de cibersegurança não preenchidas no mercado é de 4,07 milhões de profissionais em todo o mundo, em comparação aos 2,93 milhões no ano passado.

"Se quisermos fechar a lacuna global de profissionais com habilidades em cibersegurança, precisamos facilitar o acesso a materiais de aprendizagem aos profissionais e estudantes para ajudá-los a expandir seus conhecimentos em seu próprio ritmo e de acordo com suas necessidades", diz Shay Solomon, diretor de treinamento de desenvolvimento de negócios da Check Point Software Technologies.

A Check Point também oferece treinamento em CloudGuard Cyber-Range . Esses cursos promovem treinamento imersivo em cibersegurança em ambientes simulados por meio da plataforma flexível em nuvem Cyber Range, proporcionando um ambiente de aprendizado envolvente e de gamificação. O treinamento é totalmente adaptável às necessidades dos usuários com "debriefing" (ferramenta para potencializar a aprendizagem por meio da experiência) integrado e rastreamento de progressão.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/05/2021
DPOs e analistas de compliance LGPD estão em alta no mercado de trabalho

07/05/2021
Empresa lança academia para dar oportuniddes de carreira em TI para pessoas com deficiência

06/05/2021
Bootcamps 2021 abre bolsa de estudos para mais de 30 cursos em TI

05/05/2021
Curso para cloud e IA com 1,2 mil vagas gratuitas encerra inscrição no dia 07

04/05/2021
OAT Solutions aposta em capacitação in company por assinatura

03/05/2021
Santander oferece 50 mil bolsas de estudo para capacitação em TI

30/04/2021
Paula Souza e Microsoft abrem inscrições para 1,2 mil vagas gratuitas em cursos de tecnologia

29/04/2021
Bootcamp oferece 15 mil bolsas de estudo para desenvolvedores de software

08/04/2021
Huawei quer formar 2000 profissionais técnicos em FTTH até o final do ano

05/04/2021
Consultoria oferece 40 bolsas de estudo em Testes Automatizados de Software (Web e Mobile)

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Trabalho híbrido, cloud, segurança, 5G: como fica o mercado de TI no Brasil?

Por Mauricio Suga*

A pandemia da Covid-19 e as mudanças decorrentes dela foram grandes aceleradores da transformação digital, tanto no Brasil quanto a nível mundial. Mudamos a maneira como trabalhamos e entendemos o local de trabalho, como gerimos e nos relacionamos com equipes e, também, revisitamos as prioridades de investimentos organizacionais, sejam elas de curto ou longo prazo.

Destaques
Destaques

MP do Governo muda as regras para teletrabalho

A MP 1046/2021 diz que a infraestrutura necessária para a prestação do trabalho remoto tem de estar em contrato firmado previamente ou em até 30 dias depois da mudança do regime de trabalho.

Governo reedita redução de jornadas de trabalho e suspensão de contratos por conta da Covid-19

Programa passa a ter validade a partir desta quarta-feira, 28 de abril e terá validade de 120 dias.Trabalhador que for inserido no programa terá estabilidade de até seis meses.

TIC incorporou 59 mil novos profissionais e gerou 1,62 milhão de empregos em 2020

Apesar da adversidade econômica e social com a Covid-19, TIC manteve a empregabilidade em alta. "Respondemos à desoneração da folha de pagamentos cumprindo o que nos cabia. Gerar empregos", afirmou o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site